Bombeiros de Azambuja Assinalam 90 Anos de Vida - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

_______________________________________________________

segunda-feira, 31 de janeiro de 2022

Bombeiros de Azambuja Assinalam 90 Anos de Vida

 


Os bombeiros de Azambuja assinalaram neste mês de janeiro 90 anos de existência. Este ano e mais uma vez por causa da pandemia, os soldados da paz foram obrigados a fazer de forma comedida os festejos e dentro de portas. Ao Valor Local, Ricardo Correia, comandante do corpo de Azambuja, destacou que as promoções foram entregues, mas apenas para progressão nas carreiras dos bombeiros. Todas as outras cerimónias que estavam previstas foram mais uma vez adiadas por causa da Covid.


Passado mais este aniversário, os bombeiros apostam agora no futuro. Um futuro que se quer de crescimento “pois não temos outra visão desta associação que não seja essa”, refere o operacional ao Valor Local.


Ricardo Correia refere que esse crescimento passa pelo aumento do número de operacionais “bombeiros e bombeiras” e que “essas pessoas possam crescer nos seus conhecimentos”. Pois apenas assim “servirão melhor a população que de nós depende e isso revela também um aumento da capacidade profissional de todos”.


Ainda virado para o futuro, o comandante fala na necessidade de crescimento também “para o lado dos sócios” para que “a sociedade civil tenha cada vez mais uma palavra a dizer sobre a sua associação e no fundo continuarmos a prestar um cada vez melhor serviço à população”.


Por falar em população, Ricardo Correia destacou o facto de os bombeiros terem vencido sete dos oito projetos da primeira edição do Orçamento Participativo da Câmara Municipal de Azambuja. Para o operacional, este foi um sinal de que a sociedade civil está atenta, mesmo que os projetos tenham sido apresentados por “bombeiros e bombeiras enquanto cidadãos”.


Manuel Arraião Marques, presidente da instituição, lamenta, por seu turno, que as comemorações de mais um aniversário sem cerimónias mais alargadas e de forma diferente por causa da pandemia.


O presidente salienta o facto de a associação encerrar “muita história e que a todos nos deixa profundamente orgulhosos e agradecidos”, destacando todos quantos serviram e servem a associação, juntando a estes “o poder autárquico e beneméritos que sempre souberam responder de forma generosa a todos os nossos pedidos de apoio”.


Fonte: Valor Local

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________