Eleições LBP: Testemunho na Primeira Pessoa - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

_______________________________________________________

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2021

Eleições LBP: Testemunho na Primeira Pessoa

 


São já conhecidas duas candidaturas aos Órgãos Sociais da Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP).


Em Outubro próximo, os representantes das Associações e Corpos de Bombeiros que constituem a base social da Confederação vão ser chamados a pronunciar-se e a decidir quem garante melhores condições de liderança.


Pessoalmente - e é nessa exclusiva condição que aqui me manifesto - entendo que António Carvalho, Comandante (no activo) dos Bombeiros Voluntários de Póvoa de Santa Iria e Presidente da Federação de Bombeiros do Distrito de Lisboa, reúne amplo perfil, dada a sua permanente convivência com as carências e vicissitudes que predominam no sector, quer ao nível operacional quer na esfera administrativa.


Liderar a LBP pressupõe um quadro de requisitos que, a meu ver, só o candidato em causa evidencia numa escala alargada.


Estar no terreno é determinante para uma qualquer candidatura à Liga dos Bombeiros Portugueses, em representação de facto das Associações e Corpos de Bombeiros. E estar plenamente inserido nas estruturas e conhecer, em profundidade, os problemas diários e constantes que se prendem com a dinâmica actual e muito específica da Instituição-Bombeiros. De resto, como sempre aconteceu. Historicamente, os Presidentes da Confederação foram sempre recrutados no seio das suas bases, afirmando-se pelos seus inegáveis méritos e pelo grau da experiência vivida em pleno exercício de actividade.


"REFUNDAR A LIGA, PELO FUTURO DOS BOMBEIROS" constitui o louvável propósito de António Carvalho, a quem reconheço as qualidades acima referidas, incluindo a ponderação de princípios.


Em tempo oportuno, tive o ensejo de pertencer aos Órgãos Sociais da Federação, por seu convite e sob a sua presidência. Da experiência vivida, penso, pois, estar habilitado a dar testemunho e a associar a minha voz a todos aqueles que ambicionam e reclamam a sua eleição, na lógica de que importa adoptar nova cultura de boas práticas, adequada aos tempos de desconsideração e incerteza que atravessamos.


Assim, oferece-me formular um voto:


Que a elevação prevaleça durante todo o contexto eleitoral. Olhe-se em frente, sem discursos redutores e a veleidade de fazer precipitados juízos.


Somente quem souber respeitar tudo e todos, com humildade e verdadeiro sentido ético e institucional, estará à altura de merecer a confiança para liderar os desafiantes destinos da LIGA DOS BOMBEIROS PORTUGUESES.


Fonte: Sentir e Viver os Bombeiros 

Foto: Marques Valentim

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________