Zeferino Barbosa Reeleito para o Seu Último Mandato à Frente da Associação Humanitária dos BVPF - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

domingo, 17 de janeiro de 2021

Zeferino Barbosa Reeleito para o Seu Último Mandato à Frente da Associação Humanitária dos BVPF

 


Zeferino Barbosa foi reeleito presidente da direção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Paços de Ferreira (AHBVPF). Ao IMEDIATO, revelou que este vai ser o seu último mandato à frente dos destinos da instituição.


“Até à última hora aguardamos a apresentação de outra lista, mas acabamos por fazer uma candidatura e foi a única lista a votos. Caso aparecesse outra lista credível, eu e parte da direção não iríamos avançar com a candidatura”, adiantou.


Assim, Zeferino Barbosa vai exercer apenas mais um mandato como presidente da direção da AHBVPF, no triénio 2021/2023, somando, até agora, seis anos no cargo.


Centro de treinos e formação é a prioridade


Tendo em conta que, nos últimos seis anos, foi realizado “um grande investimento” em viaturas, esta não é uma das prioridades para os próximos três anos, informou o presidente da AHBVPF. Recentemente foi adquirida uma plataforma giratória, que vai permitir uma melhor atuação em cenários urbanos e industriais.


Para Zeferino Barbosa, “a grande prioridade” recai sobre a construção de um centro de treinos e formação, objetivo que sofreu um contratempo com o terreno doado pela Câmara Municipal de Paços de Ferreira em 2004.


Recorde-se que o terreno de 14.000 m² tinha sido doado por um cidadão para a construção de um novo quartel, sendo que “havia a necessidade de a autarquia fazer obras no terreno para salvaguardar o antigo proprietário”. Não tendo sido cumprida essa parte do acordo, o terreno reverteu para o antigo dono. “Indiretamente, acabamos também por perdê-lo”, relembrou o dirigente.


Depois de ter “perdido” o terreno, a Câmara de Paços de Ferreira propôs a troca por outro espaço, sendo que vai ser marcada uma nova reunião para “desbloquear este caso”, adiantou o presidente da AHBVPF.


Fonte: Imediato

Sem comentários:

Publicar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________