Menino de Três Anos Não Resiste aos Ferimentos Provocados no Acidente em Arrouquelas - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

quinta-feira, 21 de janeiro de 2021

Menino de Três Anos Não Resiste aos Ferimentos Provocados no Acidente em Arrouquelas

 


O despiste de um veículo ligeiro de passageiros, seguido de embate, contra o muro de uma habitação em Arrouquelas, no concelho de Rio Maior, provocou a morte a um menino de três anos de idade.


O acidente aconteceu às 09h58 da manhã desta quinta-feira, 21 de janeiro, no cruzamento da estrada que liga Arrouquelas a Manique do Intendente.


Ao que o Comércio & Notícias conseguiu apurar, a condutora, uma mulher na casa dos 30 anos, separada do pai das crianças, está a atravessar alguns problemas do foro psicológico, tendo ido a casa da sua mãe, avó das crianças, e sem sua autorização trazido os dois filhos, um menino de 3 anos e uma menina de dois.


O descontrolo da mulher foi de tal ordem que acabou por de uma maneira desenfreada acelerar o carro, tendo embatido com violência contra o muro de uma habitação.


O menino foi transportado em paragem cardiorrespiratória para o Hospital de Santarém, tendo o óbito sido declarado ao início da tarde. A menina, com dois anos de idade, encontra-se no Hospital de São José, em Lisboa, com prognóstico bastante reservado.


A condutora, que teve de ser desencarcerada do interior da viatura, encontra-se internada no Hospital de Santarém em estado considerado grave.


Envolvidos no socorro a este acidente estiveram 30 operacionais dos bombeiros de Rio Maior e Alcoentre, e três quipás médicas da VMER dos Hospitais de Santarém, Caldas da Rainha e Vila Franca de Xira.


A GNR tomou conta deste trágico acidente. No local esteve também uma equipa de psicólogos para prestar apoio à família.


Fonte: Comercio e Noticias 

Sem comentários:

Publicar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________