Portugal Ultrapassa os 22 Mil Casos e os 800 Mortos por Covid-19 - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

quinta-feira, 23 de abril de 2020

Portugal Ultrapassa os 22 Mil Casos e os 800 Mortos por Covid-19


Portugal interrompeu a tendência de quebra e ultrapassou a barreira dos 800 mortos. Com mais 371 casos, estão registados agora 22353 doentes com Covid-19.

Segundo os dados do boletim epidemiológico revelado esta quinta-feira pela Direção-Geral de Saúde, morreram 35 pessoas nas última 24 horas, elevando o total de vítimas mortais para 820. Com mais 371 casos registados, Portugal identificou até agora 22353 pessoas com Covid-19.

No dia em que passa dois números redondos, Portugal interrompe a tendência de quebra do número de vítimas mortais, registando o valor diário mais alto desde 11 de abril, 35 mortos, só superado pelos 37 anunciados a 3 de abril, o máximo num dia desde que começou a pandemia.

Com 35 mortos nas últimas 24 horas, Portugal quebrou, ainda, uma sequência de sete dias, com 30 ou menos vítimas mortais registadas por Covid-19.

Estão internados 1095 doentes, menos 51 que na quarta-feira, enquanto o número de pessoas nos Cuidados Intensivos desceu três, de 207 para 204.

Morreram mais mulheres (414) do que homens (406) e a maioria tinha mais de 80 anos (551), o que equivale a 72,3% do total de vítimas mortais. A faixa etária imediatamente anterior concentra 22% do número de vítimas mortais (168), enquanto entre os 60-69 anos há 71 mortos (9,3%).

Sem qualquer vítima com menos de 39 anos, há nove mortos no escalão entre os 40 e os 49 anos e 21 na faixa etária dos 50 aos 59 (2,8% do total).

A maioria dos 820 mortos de Covid-19 em Portugal ocorreu na região Norte (475 óbitos, mais 21 do que na quarta-feira), seguindo-se a região Centro (179, mais quatro) e a região de Lisboa e Vale do Tejo (146, mais oito). O Algarve regista 11 mortos, e os Açores mais dois, para um total de oito, enquanto no Alentejo há uma vítima mortal.

Por concelhos, Lisboa continua a ser o mais afetado, com 1266 casos positivos registados, seguida agora por Vila Nova de Gaia (1161), que ultrapassou o Porto, onde estão registados 1099 doentes com Covid-19. Segue-se Braga, com 950, e os concelhos vizinhos da Invicta, Matosinhos (929) e Gondomar (894).

Outros concelhos limítrofes do Porto como Maia (763) e Valongo (535) estão também entre os mais afetados pela pandemia. Ovar, que esteve mês e meio sob cerca sanitária, regista 532, logo seguido de Sintra, na região de Lisboa, com 514.

Fonte: JN

Sem comentários:

Publicar um comentário

________________________________________________________________

_______________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________