Bombeiros Voluntários de Barcelos recebem novas viaturas e pedem apoio para obras no quartel - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

segunda-feira, 13 de janeiro de 2020

Bombeiros Voluntários de Barcelos recebem novas viaturas e pedem apoio para obras no quartel


Uma nova ambulância de emergência médica e um novo auto-tanque foram as prendas que os Bombeiros Voluntários de Barcelos receberam ontem, dia em que celebraram o 137.º aniversário de fundação desta associação humanitária.

Uma nova ambulância de emergência médica e um novo auto-tanque foram as prendas que os Bombeiros Voluntários de Barcelos receberam ontem, dia em que celebraram o 137.º aniversário de fundação desta associação humanitária. Em dia de festa, foram inauguradas as obras de requalificação e ampliação do quartel, comparticipadas por fundos da União Europeia, para as quais a direcção dos Bombeiros Voluntários solicitou ontem apoio financeiro da Câmara Municipal de Barcelos.

Patrícia Gaspar, secretária de Estado da Administração Interna, representou o Governo nas cerimónias do 137.º aniversário dos Bombeiros Voluntários de Barcelos, que incluiu a habitual homenagem aos soldados da paz, dirigentes e beneméritos falecidos, no cemitério municipal, uma sessão de apresentação de cumprimentos na Câmara Municipal e a deposição de uma coroa de flores junto ao Monumento ao Bombeiro Voluntário.

Na Câmara Municipal de Barcelos, o presidente da direcção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Barcelos, Eduardo Reis, pediu mais apoio financeiro da autarquia, nomeadamente para fechar as contas da primeira fase das obras do quartel, nas quais foram investidos 370 mil euros, tendo a associação recebido 275 mil de comparticipação de fundos comunitários.

Na sessão solene de aniversário que se realizou no salão nobre dos Bombeiros Voluntários de Barcelos, o presidente da Câmara Municipal, Miguel Costa Gomes, prometeu que irá apresentar uma proposta nesse sentido em próxima reunião da vereação, não adiantando qual o valor do subsídio que a autarquia poderá vir a atribuir.

O edil referiu também que a Câmara Municipal irá assumir parte dos custos com a aquisição do auto tanque de 16 mil litros ontem benzido.

O presidente dos Bombeiros Voluntários agradeceu o apoio que a Câmara tem vindo a dar à corporação, nomeadamente o aumento do subsídio anual em 2019, mas admitiu que esperava um reforço superior aos 15 mil euros aprovados. “Vamos continuar a apoiar”, garantiu o presidente da Câmara, relevando que “as ajudas aos bombeiros saem daqui sempre a triplicar”, atendendo a que o concelho de Barcelos tem mais duas associações humanitárias.

Eduardo Reis, no encontro com a vereação barcelense, explicou que a sua direcção necessita de mais 70 mil euros para equiparar os vencimentos de todos os 30 profissionais da corporação aos dos elementos das equipas de intervenção permanente que recentemente foram actualizados, mas Miguel?Costa Gomes avisou que “os apoios da Câmara não podem destinar-se ao pagamento de salários.

Liga está “muito triste” com verbas do Orçamento de Estado

A secretária de Estado da Administração Interna, Patrícia Gaspar, foi ontem confrontada, na festa de aniversário dos Bombeiros Voluntários de Barcelos, com um apelo da Liga dos Bombeiros Portugueses para um reforço significativo da verba do Orçamento de Estado destinada ao apoio às corporações de voluntários.

“Estamos muito tristes. Solicitámos um aumento de quatro milhões de euros e só tivemos 1,5 milhões”, declarou Bruno Alves, secretário executivo da Liga, solicitando à governante que consiga “fazer algo antes da aprovação final do Orçamento de Estado”.

“Estamos muito tristes”, confessou o representante da Liga dos Bombeiros Portugueses, adiantando que o reforço do financiamento “é um assunto de extrema importância para mais de 400 associações”, reivindicando, por isso, “que o Governo seja rápido nas decisões para o nosso sector”.
A secretária de Estado não respondeu directamente ao repto do dirigente da Liga, apenas assumiu que a preocupação das corporações dos bombeiros é também “preocupação do Ministério da Administração Interna”.

Patrícia Gaspar defendeu que “o que se gasta com os bombeiros não é um custo, é um dos melhores investimentos que tem sempre retorno garantido” e relevou “a dimensão social dos bombeiros em Portugal”, algo que é reconhecido como único a nível europeu.

“Temos de estar orgulhosos deste movimento que emana da sociedade civil”, acrescentou.
O secretário executivo da Liga dos Bombeiros Portugueses registou, por outro lado, a ausência de reforço orçamental do Fundo de Protecção Social e pediu resposta do Governo a mais incentivos ao voluntariado num braço da Protecção Civil responsável pela resposta a 96% das ocorrências em 2019.
“O povo foi quem nos criou, o também reconhece o nosso trabalho”, declarou Bruno Alves na sessão em que a direcção dos Bombeiros Voluntários de Barcelos distinguiu diversas personalidade e empresas como beneméritos

Entrada de novos recrutas e reconhecimento dos veteranos

E Março, 17 jovens que estão a receber formação nos Bombeiros Voluntários de Barcelos concluem o seu curso, perspectivando já a direcção da corporação a realização de uma “nova escola” ainda este ano. O presidente da direcção dos Bombeiros Voluntários, Eduardo Reis, destacou ontem o esforço que está a ser realizado na renovação do corpo activo.

Mesmo que nem todos os formandos venham a integrar o quadro de pessoal dos Bombeiros Voluntários de Barcelos, aquele dirigente entende que a corporação está num caminho de rejuvenescimento, no momento em que oferece melhores condições de trabalho e de alojamento com as obras de ampliação e requalificação do seu quartel, ontem formalmente inauguradas pela secretária de Estado da Administração Interna, Patrícia Gaspar.

A governante relevou, nesta sua deslocação a Barcelos, quão importante é criar condições que chamem novas gerações aos bombeiros voluntários.

Também o presidente da Câmara Municipal, Miguel Costa Gomes, salientou o esforço de rejuvenescimento do corpo activo dos Bombeiros Voluntários de Barcelos.

“Estou muito satisfeito por ver jovens na formação de bombeiros. É importante renovar o voluntariado. É importante para a instituição e é importante para o concelho”, destacou o edil na sessão de cumprimentos à direcção e corpo activo dos Bombeiros Voluntários de Barcelos, realizada nos Paços do Concelho.

Refira-se que as inscrições de interessados em frequentar a nova escola de bombeiros já estão abertas.
Os ‘recrutas’ participaram ontem na festa do 137.º aniversário ao lado de elementos do corpo activo, alguns dos quais foram agraciados pelo tempo e mérito do serviço prestado à corporação e à comunidade. Quatro eles, entre os quais o comandante em exercício, António da Silva Moreira, receberam o crachá de ouro, a maior condecoração da Liga dos Bombeiros Portugueses.

Fonte: Correio do Minho

Sem comentários:

Publicar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________