Explosivos Rebentam na Face de Operário no Marco de Canaveses - VIDA DE BOMBEIRO

--------------------------------------------------------------------------------------------------

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

terça-feira, 2 de outubro de 2018

Explosivos Rebentam na Face de Operário no Marco de Canaveses


Um operário foi esta terça-feira transportado de helicóptero na sequência de um acidente com explosivos numa pedreira, em Ladário, na freguesia de Alpendorada, Várzea e Torrão, no Marco de Canaveses.

A vítima de 53 anos, terá sofrido queimaduras graves na face, olhos, tórax, membros superiores e vias respiratórias. Fonte da empresa Fernando Almeida e Filhos (Fafstone) explicou ao JN que o operário "estava a trabalhar normalmente, observando todas as regras de segurança, quando se deu a explosão, desconhecendo-se o que terá provocado o rebentamento".

Assistida pelos bombeiros do Marco de Canaveses, a vítima, natural de Alpendorada, foi transportada por um helicóptero do INEM a partir do estádio de futebol local para a unidade de queimados do Centro Hospitalar Universitário de Coimbra.

Refira-se que é comum o uso de Gelamonite 33 - barras de dinamite - na extração de granito, desconhecendo-se, contudo, se a explosão foi de um artefacto do género ou de apenas pólvora.

A Fafstone é uma das empresas mais conceituadas no ramo dos granitos com mais de 25 anos de atividade e experiência no setor da extração, transformação e comercialização de rochas ornamentais e produtos em granito.

Fonte: JN

Sem comentários:

Enviar um comentário