Mulher Morre em Acidente na Estrada da Penha em Guimarães - VIDA DE BOMBEIRO

_______________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

segunda-feira, 6 de novembro de 2017

Mulher Morre em Acidente na Estrada da Penha em Guimarães


Uma mulher morreu, este sábado à noite, numa colisão frontal entre dois automóveis na estrada que dá acesso à Montanha da Penha, em Mesão Frio, concelho de Guimarães.

Da colisão resultou ainda um ferido grave, de 49 anos, natural de Azurém (Guimarães), e um ligeiro, de 24 anos. O acidente deu-se quando o automóvel onde ia a mulher e um dos homens, um Opel Corsa que seguia em sentido descendente, colidiu com um BMW série 1 que subia a estrada da Penha na Rua da Montanha.

A mulher que seguia no Opel teve morte imediata e o homem que vinha no mesmo carro sofreu ferimentos muito graves e encontra-se a lutar pela vida no Hospital de Braga, para onde foi transferido pela SIV de Fafe. O condutor do BMW teve apenas ferimentos ligeiros e manteve-se no local até à chegada das autoridades, tendo sido transportado pelos Bombeiros Voluntários de Guimarães para o hospital da cidade.

O corpo da vítima mortal encontra-se no Instituto de Medicina Legal do Hospital de Guimarães, para onde foi levada pelos Bombeiros das Taipas.

O alerta para a corporação de Guimarães foi dado às 20.22 horas. Foram mobilizados um veículo de desencarceramento e uma ambulância, num total de oito elementos.

No socorro estiveram ainda os Bombeiros Voluntários das Taipas, com uma ambulância, bem como a Viatura Médica de Emergência e Reanimação de Famalicão, a SIV de Fafe e a Ambulância de Emergência Médica de Guimarães.

A estrada que dá acesso à Penha pela freguesia de Mesão Frio permanecia cortada às 22 horas. A PSP de Guimarães está no local e tomou conta da ocorrência. Desconhecem-se, para já, as idades e identidades das vítimas.

Fonte: JN

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

--------------------------------------------------------------------------------------------------

________________________________________________________________