Suspeito de Incêndios na Madeira Condenado a Três Anos de Prisão Efetiva VIDA DE BOMBEIRO: Incêndios: A1, A14 e A23 estão cortadas ao trânsito

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Incêndios: A1, A14 e A23 estão cortadas ao trânsito


Vários incêndios obrigaram ao corte de três autoestradas em Portugal. Também o IC1 e a linha ferroviária do sul também estão cortados no concelho de Grândola.

As autoestradas do Norte (A1) e Coimbra-Figueira da Foz (A14) estão cortadas ao trânsito, nos dois sentidos, entre Coimbra Norte e Mealhada e Coimbra Norte e o nó de Arazede, de acesso à estrada nacional 335, respetivamente.

Segundo fonte da GNR, a circulação no lanço da A1 entre o nó de acesso a Coimbra e ao IP (Itinerário Principal) 3 e a Mealhada, foi interrompida pelas 13h15 desta quinta-feira, devido ao incêndio florestal que deflagrou, pelas 12h30, na zona de Barcouço, perto do limites dos concelhos de Coimbra e da Mealhada (distrito de Aveiro).

Como alternativa, a GNR aconselha a quem viaja no sentido Porto-Lisboa a sair para o nó da Mealhada em direção à Mealhada, EN 1, e aí retomar a A1 no nó de Coimbra Norte ou Coimbra Sul. Para quem circula no sentido contrário, a GNR diz que a alternativa passa pelo IP3 ou A14.

Contactada pela TSF, a adjunta de operações da Autoridade Nacional da Proteção Civil, Patrícia Gaspar, explicou que o incêndio na zona "está a provocar muito fumo que reduz a visibilidade na autoestrada do norte, pelo que foi solicitado o corte nos dois sentidos. No sentido norte-sul ao quilómetro 209 e no sentido sul-norte ao quilómetro 199".

Também em resultado do fogo, a autoestrada que liga Coimbra à Figueira da Foz (A14), está interrompida, nos dois sentidos, entre Coimbra Norte e o nó de Arazede (no concelho de Montemor-o-Velho), desde as 18h15, disse à agência Lusa, pelas 19:20, fonte da GNR na Mealhada.

Esta via já tinha sido cortada, no mesmo lanço, durante cerca de 10 minutos (entre as 17:53 e as 18:04), mas foi reaberta porque as condições de circulação, afetadas sobretudo pelo fumo, melhoraram, mas voltaram a agravar-se, acrescentou a mesma fonte.

A23 cortada em ambos os sentidos na zona de Abrantes

A Autoestrada da Beira Interior (A23) foi cortada em ambos os sentidos na zona de Abrantes, no distrito de Santarém, devido ao incêndio que lavra desde quarta-feira naquele local, de acordo com o comando da GNR de Abrantes.

Segundo o capitão Flambó, em declarações à agência Lusa, a A23 foi cortada pelas 19h40 por questões de segurança, na sequência do incêndio que está a ser combatido por 660 operacionais, apoiados por 207 veículos e 10 meios aéreos.

IC1 cortado em Grândola

No concelho de Grândola, o IC1 está cortado entre as zonas de Canal Caveira e Azinheira Barros (entre o quilómetro 601 e 603), devido a um incêndio de duas frentes ativas e que já obrigou ao corte da linha ferroviária do sul, entre Lousal e Canal Caveira.

Fonte: TSF
Comentários
0 Comentários

Sem comentários:

Enviar um comentário

2015 Copyright – Todos os Direitos Reservados : VIDA DE BOMBEIRO