André Rafael Serra, o Jovem Piloto do Barreiro que Morreu em Foz Côa - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

_______________________________________________________

sábado, 16 de julho de 2022

André Rafael Serra, o Jovem Piloto do Barreiro que Morreu em Foz Côa

 


O comandante-piloto que morreu na sequência da queda do avião anfíbio em Vila Nova de Foz Côa é André Rafael Serra, de cerca de 30 anos, natural do Barreiro.


Apesar de jovem, o piloto tinha 12 anos de experiência de pilotagem deste tipo de aviões, em contexto de formação e de ação.


André Rafael Serra, a residir em Lisboa, era casado e pai de uma menina de cinco anos. Integrou a Força Aérea Portuguesa em 2009 e era considerado um piloto experiente. Perto das 20 horas, André Rafael Serra pilotava o avião anfíbio Fire Boss no combate ao incêndio em Urros, Torre de Moncorvo, quando foi abastecer junto ao rio Douro em Castelo Melhor, Vila Nova de Foz Côa.


Com a aeronave atestada, logo à saída do abastecimento, na quinta do Crasto, bateu no primeiro socalco de uma vinha e bateu ainda em mais dois antes de cair. O avião caiu na quinta, junto à Estrada Nacional 222. Da queda resultou um pequeno incêndio, prontamente apagado pelos meios que estavam perto. O corpo foi encontrado carbonizado, mas só a autópsia vai desvendar a causa da morte.


Fonte: JN

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________