INEM Abre Inquérito Sobre Socorro no Acidente que Envolveu Carro Onde Seguia Cabrita - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

_______________________________________________________

quinta-feira, 24 de junho de 2021

INEM Abre Inquérito Sobre Socorro no Acidente que Envolveu Carro Onde Seguia Cabrita

 


O INEM abriu um inquérito interno sobre as circunstâncias em que foi prestado o socorro no acidente que envolveu o carro que transportava o ministro da Administração Interna na autoestrada A6, no Alentejo, e que provocou um morto por atropelamento.


Questionado pela agência Lusa, por e-mail, o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) enviou um esclarecimento em que indica que estão "em curso inquéritos e investigações por parte das entidades competentes, e do próprio INEM, para apurar o sucedido nesta ocorrência". "O INEM não se pronunciará no decurso dos mesmos", sublinhou o instituto.


Os esclarecimentos foram pedidos depois de o médico António Peças, que presta serviço no hospital de Évora e na viatura médica de emergência e reanimação (VMER) deste instituto e sediada na unidade hospitalar alentejana, ter levantado dúvidas no Facebook sobre o socorro ao acidente.


"O que dizer da atuação do Centro de Orientação de Doentes Urgentes (CODU) do INEM, que ativou a VMER de Évora para o trajeto Évora - Montemor quando o acidente ocorreu no trajeto Estremoz - Évora, o que levou a que a VMER chegasse ao local mais de uma hora depois de iniciar o caminho para o local?", escreveu. "E alguém no CODU ter modificado os dados inicialmente enviados na ficha de ativação, corrigindo a localização da ocorrência?", acrescentou.


No pedido de esclarecimentos, a Lusa questionou o INEM sobre o trajeto efetuado pela VMER e quanto tempo levou a viatura a chegar ao local do acidente, mas não obteve resposta. Fonte do Instituto, por telefone, limitou-se a sublinhar que "foi aberto inquérito à atuação do INEM no socorro a este acidente".


O Ministério Público também abriu um inquérito para apurar as circunstâncias da morte do trabalhador, "como sempre acontece neste tipo de situações", ou seja, em acidentes rodoviários com vítimas mortais, explicou fonte da Procuradoria-Geral da República (PGR).


Fonte: JN

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________