Bombeiros de Vizela Receberam Um Obrigado Especial em Dia de Aniversário - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

_______________________________________________________

domingo, 9 de maio de 2021

Bombeiros de Vizela Receberam Um Obrigado Especial em Dia de Aniversário

 


Falamos do jovem de Guimarães, que sofreu ferimentos graves num acidente de trabalho. Já teve alta.

A Real Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Vizela (RAHBVV) completou no passado sábado, dia 08, 144 anos de existência. Em dia de aniversário, os soldados da paz receberam o jovem de Guimarães que ajudaram a salvar a vida, depois de ter sido eletrocutado, enquanto trabalhava. Já teve alta e veio ao quartel vizelense dizer obrigado.


Foi a surpresa da cerimónia solene. Depois do adjunto de comando, Hugo Ferreira, e da bombeiro de 2ª, Maria de Lurdes Ferreira, terem recebido a medalha de serviços distintos – Grau Ouro 1 Estrela, eis que o comandante Paulo Félix foi ao púlpito anunciar a presença de José Pedro Vaz. O jovem de 25 anos de idade, de Guimarães, no passado dia 15 de abril, foi eletrocutado, quando procedia a trabalhos de serralharia em cima de uma plataforma, numa fábrica em Tagilde. Hugo Ferreira e Maria de Lurdes Ferreira foram os primeiros operacionais a prestar auxílio ao jovem, que acabaria helitransportando para a Unidade de Queimados do Hospital de Coimbra, devido à gravidade dos ferimentos. Recuperou, teve alta, e fez questão de neste dia passar pelo quartel vizelense para agradecer a quem ajudou a salvar-lhe a vida. E é sempre assim, ou não fosse o lema dos bombeiros “Vida por Vida”.


Armindo Faria, presidente de Mesa da Assembleia Geral da RAHBVV, foi o primeiro a discursar e aos presentes lembrou “a intrínseca capacidade de renascer” dos soldados da paz e abordou os homens e mulheres, de diferentes idades, que fazem o sucesso dos BVV: “É nesta profícua interação, entre os diversos graus etários e distintos saberes - a começar pelos bombeiros do Quadro de Honra, prosseguindo pelos que integram o Quadro Ativo e terminando nos jovens cadetes -, onde reside um dos fatores do assinalável sucesso dos nossos bombeiros”.


 


Mais uma EIP é fundamental para o socorro durante o dia


 


E o comandante Paulo Félix era um homem orgulhoso dos homens e mulheres que lidera. Falou da “união do Corpo Ativo”, que tem sabido estar à altura dos desafios, e deixou dois desafios. Um deles gostaria que fosse apresentado já a 27 de junho, dia em que terá lugar a imposição de divisas aos novos bombeiros que, terminada a sua formação, passarão a integrar este Corpo Ativo. “Gostaria que acelerasse o processo, para que nesse dia fizéssemos a assinatura dos direitos e regalias atribuídos pelo município”, disse Paulo Félix, voltando-se para o presidente da Câmara Municipal de Vizela (CMV). O segundo desafio lançado pelo comandante Paulo Félix teve como destinatários José Pires, presidente da Direção da RAHBVV, e o presidente da CMV: “Queria desafiá-los à sentarem-se à mesa para falarem de uma segunda EIP (Equipa de Intervenção Permanente). Em 2021 foram criadas 60 EIP’s e no ano 2022 serão criadas outras tantas ou mais, é efetivamente uma mais-valia termos uma pronta intervenção entre as 06h00 e as 22h00. Neste momento, não temos esse horário todo coberto por profissionais afetos só ao socorro. Que em 2022 estejamos disponíveis para receber outra EIP, são cinco postos de trabalho e ficamos com uma capacidade de resposta operacional de enaltecer”. Paulo Félix explicou que o voluntariado tem dado uma resposta extraordinária, sobretudo “durante a noite e aos fins de semana”, mas que durante a semana, ao longo do dia, essa capacidade não é tão forte, pois trata-se de horário laboral.


 


“É preciso a ajuda de todos para manter este serviço” (José Pires)


 


A Covid-19 limitou os festejos destes 144 anos de existência da RAHBVV, mas tem também causado muitos constrangimentos ao longo deste mais de um ano de pandemia. Houve projetos e iniciativas que ficaram por concretizar, custos com equipamentos de proteção que fizeram aumentar as despesas, entre tantas outras limitações. E porque os bombeiros estão sempre na linha da frente, foi a pensar neles que José Pires quis falar à comunidade: “Todos nós, toda a comunidade, industriais, comerciantes, entidades privadas e públicas, é preciso a ajuda de todos para manter este serviço. Por isso hoje, mais do que nunca, façamos todos a nossa parte, não fechemos a porta, vamos ajudar os bombeiros”.


E foi precisamente neste espírito de reconhecimento e de solidariedade para com os soldados da paz que foram benzidas, nesta sessão solene, três viaturas: uma ambulância INEM, fruto de um protocolo com a Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP), o veículo plataforma de 32 metros de alcance, oferecido pela CMV, e um Veículo de Apoio Logístico Específico, ofertado pela Fábrica de Tecidos Vilarinho, que nesta cerimónia esteve representada por Gil Barbosa. Estas viaturas chegaram ao quartel em 2020, já estão ao serviço da comunidade, mas só agora puderam ser benzidas. A todos os que contribuíram para esta realidade, ficaram os agradecimentos de José Pires.


Antes do corte do bolo de aniversário, interveio Victor Hugo Salgado, a quem competiu presidir esta cerimónia solene. Vincou “a honra e o orgulho” de discursar “nesta casa”, mas também afirmou que os BVV “foram uma arma que a CMV teve” ao seu dispor para dar segurança aos vizelenses ao longo desta pandemia. Sublinhou também a importância que esta instituição tem para o concelho e disse: “Hoje o que vou dizer não é polémico, mas é o que penso e o que sinto”. E passou a explicar. “As primeiras palavras que me vêm à cabeça são coesão, família, união, algo que, se calhar, no passado nem sempre foi assim”. “Isto deve-se a todos vocês, mas sobretudo a duas pessoas, a quem muito quero agradecer, que é o senhor presidente da Direção e o senhor comandante, porque souberam colocar à frente das suas decisões e da sua ação o destino coletivo de todos vocês e de nós, vizelenses, em vez de questões particulares”.


Mas disse mais o presidente da CMV: “A relação com a CMV conheço-a há muitos anos, esta nunca foi tão compacta, tão atenta e tão presente de parte a parte” [como agora]. E sobre os desafios lançados pelo comandante dos BVV, Victor Hugo Salgado afirmou: “Nós estivemos e estamos sempre aqui”.


Sobre este aniversário, refira-se também que durante a sessão solene foi descerrado um retrato do chefe José Teixeira da Cunha, que passará a integrar a Sala de Memória da RAHBVV, por proposta do Comando à Direção. José Cunha entrou para os BVV em 1973, foi chefe dos motoristas e em 2008 passou ao Quadro de Honra, ao fim de 35 anos de serviço. O dia encerrou com um desfile de viaturas, que percorreu todas as freguesias do raio de ação dos BVV.


 


Distinções


 


Novos bombeiros especialistas, na função de condutor


Vítor Pereira e César Pereira


 


2020


Medalha de serviços distintos – Grau Cobre – da LBP


Bombeiro de 1ª João Pinheiro


Bombeiro de 1ª Diogo Carneiro


Bombeiro de 2ª Joaquim Batista


Bombeiro especialista Marco Ribeiro


 


Medalha de serviços distintos – Grau Prata – da LBP


Bombeiro de 2ª José da Silva


Bombeiro de 2ª Arlindo Ribeiro


Bombeiro de 3ª Joaquim Ribeiro


Bombeiro especialista Manuel Ferreira


 


Medalha de assiduidade – Grau Ouro 1 Estrela – da LBP


Medalha de assiduidade – Grau Ouro (15 anos) - interna


Oficial Bombeiro de 2ª – Amélia Guimarães


Bombeiro de 1ª Paulo Ribeiro


Bombeiro de 2ª Alice Sousa


Bombeiro de 2ª Letícia da Silva


Bombeiro de 3ª Sónia Carvalho


Bombeiro de 3ª Manuel Ribeiro


Bombeiro de 3ª Simão Cunha


Bombeiro Especialista Marco Dias


 


Medalha de assiduidade – Grau Ouro 2 Estrelas – da LBP


Medalha de gratidão – Grau Ouro (20 anos) - interna


Subchefe José Barroso


Subchefe José Ferreira


Bombeiro de 3ª Manuel Lima


Bombeiro Especialista Manuel Salgado


 


Medalha de dedicação – Grau Ouro (25 anos de assiduidade) – da LBP


Medalha de gratidão – Grau Ouro (25 anos) – interna


Bombeiro de 2ª António Ribeiro


Bombeiro de 3ª José Pacheco


 


Medalha de altruísmo – Grau Ouro (30 anos) – da LBP


Medalha de gratidão – Grau Ouro (30 anos) – interna


Bombeiro Especialista João Vaz


 


Medalha de serviços distintos – Grau Ouro – da LBP


Chefe António Barbosa


Bombeiro Especialista João de Oliveira


 


Quadro de Honra


Chefe Deolindo da Cunha


Bombeiro de 2ª Manuel Lima


 


2021


Atribuição de louvor


Bombeiro de 2ª Joaquim Batista


Bombeiro de 2ª Vânio Ferreira


Bombeiro Especialista Miguel Cunha


 


Medalha de serviços distintos – Grau Cobre – da LBP


Adjunto de Comando Hugo Ferreira


Bombeiro de 1ª Hélder da Silva


Bombeiro de 2ª João Faria


Bombeiro de 2ª Paulo Vale


Bombeiro de 3ª Gaspar dos Anjos


Bombeiro de 3ª Sérgio Trabuco


 


Medalha de serviços distintos – Grau Prata – da LBP


Bombeiro de 3ª Armindo Ribeiro


Bombeiro Especialista João Vaz


Bombeiro Especialista Artur Peixoto


 


Medalha de assiduidade – Grau Ouro 1 Estrela – da LBP


Medalha de assiduidade – Grau Ouro (15 anos) – interna


Bombeiro de 2ª Adão Freitas


Bombeiro de 2ª Joaquim Batista


Bombeiro de 3ª Simão da Silva


Bombeiro Especialista Carlos Ferreira


 


Medalha de assiduidade – Grau Ouro 2 Estrelas – da LBP


Medalha de gratidão – Grau Ouro (20 anos) - interna


Bombeiro de 3ª Tiago Graça


Bombeiro Especialista Marco Ribeiro


 


Medalha de dedicação – Grau Ouro (25 anos de assiduidade) – da LBP


Medalha de gratidão – Grau Ouro (25 anos) – interna


Subchefe Romeu Pinto


 


Medalha de serviços distintos – Grau Ouro 1 Estrela – interna


Adjunto de Comando Hugo Ferreira


Bombeiro de 2ª Maria de Lurdes Ferreira


 


Quadro de Honra


Subchefe José Ribeiro


Bombeiro Especialista Manuel Ferreira


 


Crachás de Ouro


Bombeiro de 3ª Joaquim Ribeiro (35 anos)


Subchefe José Maria Ribeiro (45 anos)


Bombeiro Especialista João de Oliveira (45 anos)


Fonte: Radio Vizela

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________