Bombeiros de Freixo de Espada à Cinta Criam (Inéditas) Rifas Online - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

terça-feira, 30 de março de 2021

Bombeiros de Freixo de Espada à Cinta Criam (Inéditas) Rifas Online

 


Os bombeiros de Freixo de Espada à Cinta criaram um sistema "pioneiro" de rifas 'online' para combater as quebras das receitas e pretendem alargá-lo a corporações de todo o país, foi hoje anunciado.


"A Associação Humanitária de Bombeiros de Freixo de Espada à Cinta, devido aos efeitos provocados pela pandemia covid-19, sentiu uma acentuada quebra de receitas que eram provenientes de várias atividades como rifas e espetáculos, entre outras atividades e tivemos de arranjar alternativas, passando por este sistema de sorteios 'online' ", disse à Lusa o presidente daquela estrutura, Edgar Gata.


A nível nacional, os bombeiros de Viseu já aderiram à iniciativa, havendo disponibilidade demonstrada por várias associações humanitárias na área do Grande Porto para criar uma rede de pontos de venda desta rifas 'online'.


"Achamos que nesta altura é importante utilizar as novas tecnologias que temos à disposição. A ideia nasce, no fundo, de forma a criar uma rifa que não implique a venda direta e o contacto pessoal. Fomos mais longe e transportamos a ideia para o panorama nacional e para associações congéneres", concretizou o dirigente.


Edgar Gata disse que foram contactadas cerca de 150 Associações de Bombeiros a nível nacional "propondo-lhe a ideia e explicando-lhes o funcionamento desta iniciativa.


"Se conseguirmos que esta plataforma avance criamos uma forma de poder financiar as Associações Humanitárias de uma forma original, mas esta plataforma tem de ter êxito", frisou.


As "apostas" poderão ser feitas através do site www.raffleshere.pt, com recurso a computador, tablet ou smartphone.


"Para esta fase inicial, é proposto que em cada rifa vendida com o uso do cupão referido cada Associação Humanitária receba um euro. Isto é, e só a título de exemplo, cada associação promove a venda de 500 rifas e recebe, sem qualquer outro esforço, 500 euros". Indicou Edgar Gata.


Para o dirigente associativo, agora tudo depende da dimensão que se possa dar à iniciativa, havendo sempre a garantia de uma distribuição, conforme os casos e os preços das rifas, entre 22% e 50%, das receitas brutas das vendas ao conjunto das associações que adiram à iniciativa.


"Quanto maior for o peso desta forma de entretenimento e jogo, mais possível se tornará no futuro sortear prémios mais valiosos, logo maiores receitas e, consequentemente, maior compensação para quem colaborar", enfatizou.


Para este tipo de jogo são prometidos" bons prémios" e de marcas apetecíveis que vão desde acessórios de moda de marcas conceituadas e telemóveis de última geração a férias ou vinhos de qualidade.


Fonte: Noticias ao Minuto

Sem comentários:

Publicar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________