Bombeiros do Marco de Canaveses Registaram 579 Ocorrências em Janeiro - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

_______________________________________________________

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2021

Bombeiros do Marco de Canaveses Registaram 579 Ocorrências em Janeiro

 


Os Bombeiros Voluntários do Marco de Canaveses registaram, no mês de janeiro deste ano, 579 ocorrências.


Em concreto, no âmbito da proteção e assistência a pessoas e bens, houve 540 ocorrências, sendo a com maior número o transporte regular de doentes (228) e a doença súbita (211).


Houve ainda o registo de 52 ocorrências devidas a traumas ou quedas e 22 de Transporte Urgente Extra SIEM. Foram ainda realizadas nove limpezas de via e sinalização de perigo, quatro aberturas de porta sem socorro e três transportes de doentes entre Unidades de Saúde.


Ainda neste âmbito, mas em menor número identificaram-se três intoxicações, dois trabalhos de parto e duas aberturas de porta com socorro, bem como um patrulhamento, reconhecimento e vigilância, um abastecimento de água à população, uma busca e resgate terrestre de pessoas e uma queimadura.


Em termos de operações e estado de alerta, registaram-se 15 deslocações em serviço geral.


Sobre riscos tecnológicos, os Bombeiros do Marco de Canaveses informam, em nota, que foram chamados para cinco despistes, quatro incêndios urbanos, três colisões rodoviárias, dois atropelamentos rodoviários, um incêndio em indústria, oficina e armazém, um exercício em indústria, oficina e armazém, uma fuga de gás em conduta e uma ocorrência de químicos dentro de uma instalação.


A nível de riscos mistos, houve um incêndio rural em povoamento florestal, um incêndio no mato, um incêndio de detritos confinados, uma queda de elementos de construção em estruturas edificadas, um dano ou queda de redes de fornecimento elétrico e uma queda de estruturas temporárias ou móveis.


Fonte: Jornal A Verdade

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________