Os Bombeiros de Verão e os Bombeiros de Inverno - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

sábado, 19 de dezembro de 2020

Os Bombeiros de Verão e os Bombeiros de Inverno

 


De referir que nem todos somos iguais, portanto, a quem servir a carapuça...


Hoje dei por mim a pensar se alguns bombeiros não são autênticas aves raras ...brincadeirinha aves migratórias, eu passo a explicar.


Todos nós estamos recordados daquela matéria do 4ºano que abordava o tema das aves migratórias?   Vamos relembrar? 


As  aves migratórias são um grupo de aves que realizam migrações, migração é o movimento direcional de uma determinada espécie que se desloca da área de reprodução para áreas de alimentação e descanso em uma determinada época do ano. 


Se formos a ver bem é o movimento que todos nós conhecemos e apelidamos de forma mais chique de “DECIR”.


Todos os anos vejo CB’S ficarem cheios destas aves migratórias que por altura do DECIR  lembram-se de novo da morada do CB onde pertencem, atenção que a quantia que recebemos não é propriamente um valor avultado que chegue sequer para as contas dos més e o que esta aqui em causa nem é o dinheiro que levam nessa altura, mas tudo o resto. 


De referir que nem todos somos iguais, portanto, a quem servir a carapuça...


Os bombeiros não são só fogos nem os Cb’s precisam de nós apenas no verão, um bom bombeiro não se vê nem nunca se verá pela prestação de agulheta na mão, mas por todo o serviço que desempenha ao longo do ano.


Existem formações, existem piquetes, existem reuniões e existem colegas o ano todo não apenas de Maio a Outubro, a família a quem te juntas no verão para uns fogos de agulheta em punho é a família que durante o inverno irá precisar também da tua presença exista muito ou pouco serviço.


 E assim vamos passando os anos a ver este efeito migratório de alguns colegas que só procuram a sua segunda casa quando existe calor, assim os vamos tendo a passar pelas pingas da chuva e a serem apelidados de "Bombeiros" quando na realidade são bombeiros migratórios, bombeiros em part-time o que lhes quiserem chamar, enquanto outros sabem sempre o lugar da sua segunda casa esteja frio ou esteja sol, e esses sim são os que estão por amor , por gosto, por dedicação, esses são os que valem a pena investir e não ficarem esquecidos por quem os comanda, porque ser bombeiro é mais que uma agulheta debaixo do braço, a comunidade envolvente ao teu CB  não imigra no fim do verão por isso fica não imigres tu também!


“Não é apenas querer ser Bombeiro, é saber ser Bombeiro, não é apenas vestir a farda, é saber honra-la, não é nem nunca vai ser apenas um passatempo, é um amor que se ganha, uma pele que se veste, uma segunda casa que te espera e uma gratidão que só quem ainda a veste por amor consegue sentir a cada minuto com ela envergada no corpo .”


Por isso meus camaradas Bombeiros, sejam Bombeiros o ano inteiro e não só quando vos convém.


Ariana Ribeiro

Sem comentários:

Publicar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________