Sindicato dos Bombeiros Sapadores Acusa Governo de Discriminação - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

terça-feira, 17 de novembro de 2020

Sindicato dos Bombeiros Sapadores Acusa Governo de Discriminação

 


O SNBS – Sindicato Nacional dos Bombeiros Sapadores queixa-se de discriminação por parte do Governo por estar desde maio deste ano a solicitar uma reunião de urgência com o Ministério da Administração Interna sem sucesso.


Nesse sentido, o sindicato emitiu comunicado para “expor publicamente a postura discriminatória que está a ser alvo por parte do Governo Português e em especial pelo Ministério da Administração Interna”.


O sindicato afirma que, até à data, já foram realizados três pedidos de reunião sem que houvesse qualquer resposta do Ministério.


“Acresce que entre os nossos pedidos de reunião, o referido Ministério reuniu com outras estruturas Sindicais deste setor profissional mas possivelmente estruturas Sindicais com menor representação de Bombeiros Sapadores”, refere o comunicado.


“Em último recurso”, o sindicato solicitou ao Presidente da República que intercedesse “junto do Governo para que fossem cumpridos os deveres constitucionais e institucionais que um Governo deve cumprir”.


No entanto, a resposta que o SNBS afirma ter recebido de Marcelo Rebelo de Sousa foi que se tratava “de um assunto que não se enquadra no âmbito das competências constitucionais de sua Excelência o Presidente da República” .


“Ficámos incrédulos (…). O que nos deixa a pensar, se não é da competência do Presidente da República garantir que um Governo cumpra com os seus deveres Constitucionais e institucionais, quais serão as competências do Presidente da República”, critica o SNBS.


O SNBS acrescenta que no passado dia 11 de novembro “a Secretaria de Estado da Administração Interna reuniu novamente com uma estrutura sindical que na sua direção tem dirigentes que pertencem ao Partido Socialista”, o que, para aquele sindicato, “leva a crer haver conflitos de interesses, para além de ser um tratamento discriminatório e inconstitucional perante os restantes Sindicatos, mais concretamente o SNBS”.


“Este tipo de postura do Governo para com o SNBS, Sindicato que defende apenas e só Bombeiros Sapadores a nível Nacional, poderá muito em breve trazer tumultos e contestação destes Bombeiros, o que nesta altura, não trará nada de benéfico, mas os Portugueses têm de entender, que estes profissionais não poderão deixar que pessoas que não os representam definam o seu futuro”, realça o comunicado, considerando que o pedido de reunião ao MAI é “de extrema importância” para “discutir e apresentar soluções para os problemas que afetam os Bombeiros Sapadores a nível Nacional, e que carecem de resolução urgente”.


“Inclusive este Sindicato foi criado porque quando foram realizadas alterações à carreira destes profissionais em 2019, os mesmos sentiram que não foram defendidos os seus reais interesses, por parte das estruturas Sindicais que estiveram envolvidas nesse processo”, refere o SNBS, pedido ao governo que o “oiça e marque a referida reunião, a bem da paz social”, ameaçando com outras forma de protesto.


“Se a postura do Governo for a de ignorar, terão de ser diligenciadas outras formas de protesto que de certo nada beneficiaram os Portugueses, e este Sindicato e os Bombeiros Sapadores tudo estão a fazer para evitar que isso aconteça”, sentencia o comunicado.


Fonte: O Minho

Sem comentários:

Publicar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________