Presidente da Câmara de Paredes colocou a primeira pedra do novo quartel dos Bombeiros Voluntários de Lordelo - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

domingo, 8 de novembro de 2020

Presidente da Câmara de Paredes colocou a primeira pedra do novo quartel dos Bombeiros Voluntários de Lordelo

 


Decorreu este este sábado, 7 de novembro, em Lordelo (junto ao posto da GNR), o lançamento da primeira pedra do novo quartel dos Bombeiros Voluntários de Lordelo.


A obra tem o prazo de execução de 12 meses e está orçada em cerca de 2 milhões de euros. O novo quartel dos Bombeiros de Voluntários de Lordelo conta com a comparticipação financeira da Câmara Municipal de Paredes e de outras instituições e empresas locais.


Esta cerimónia foi presidida pelo Presidente da Câmara Municipal de Paredes, Alexandre Almeida, tendo estado presente, ainda, o Vice-Presidente da Câmara e Presidente da Assembleia-Geral dos Bombeiros, Francisco Leal, do Vereador da Proteção Civil, Elias Barros, do 2º CODIS, Albano Teixeira, do Presidente da Associação Humanitária dos Bombeiros de Lordelo, Miguel Ferreira, e do Comandante, José Freitas. O Padre Rui Pinheiro procedeu à bênção da primeira pedra do novo edifício da instituição, assinalando assim o início da obra.


No discurso que proferiu, o Presidente do Município de Paredes, Alexandre Almeida, salientou "a grande importância deste investimento feito nas forças de proteção civil, nos bombeiros voluntários que têm de ter boas condições para exercerem o voluntariado e o socorro de pessoas e bens". Referiu ainda que "a Câmara apoia esta obra e continuará a apoiar todas as corporações dos bombeiros do concelho, que no próximo ano vão passar a receber 40 mil euros de subsídio anual atribuídos a cada corporação".

Sem comentários:

Publicar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________