"Hoje eu Desisto de Lutar, estou Exausto, para Mim Chega" - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

quarta-feira, 28 de outubro de 2020

"Hoje eu Desisto de Lutar, estou Exausto, para Mim Chega"

 


Luís Manuel (nome fictício), 55 anos de idade, bombeiro desde os 20 anos, hoje, decidiu desistir de lutar, decidiu porque está cansado, está exausto de tanta ingratidão.


Luís Manuel dedicou grande parte da sua vida a uma causa, a causa do "Vida por Vida", cansou-se da ingratidão.


Luís Manuel combateu muitos dos grandes incêndios que deflagraram em Portugal, incluindo o de Pedrogão Grande e os grandes incêndios de Outubro de 2017.


Luís Manuel, é chefe de carreira, ama os bombeiros mais do que qualquer coisa na vida, deu mais tempo aos bombeiros do que à própria família, enfrentou a morte de frente várias vezes, e mesmo assim nunca vacilou, teve finais felizes, muito felizes, mas também teve muitas vidas perdidas ao longo dos anos, vidas essas que ainda hoje não consegue esquecer.


Luís Manuel enfrentou desafios, enfrentou a morte, teve a felicidade de ajudar duas vidas a vir a este mundo, mas está cansado, está exausto, não entende o que se passa neste mundo, o que se passa na cabeça das pessoas, simplesmente não consegue entender.


Luís Manuel não consegue entender porque teve de passar a Páscoa fechado em casa, não entende porque foi permitido Festa do Avante, porque foi permitido manifestações em Lisboa por variadíssimas coisas, não entende porque são permitidas touradas, porque foi permitido o Grande Prémio de Formula 1 com 27 mil pessoas, não entende porque não pode cumprimentar a mãe com um beijo, o pai com um abraço apertado, porque tem de dizer aos filhos que não se devem juntar com os amigos na escola.


Luís Manuel não entende...


Não entende porque nestes últimos 3 anos depois dos grandes incêndios de 2017 nada foi feito nem nada mudou para melhorar as condições dos Bombeiros em Portugal.


Luís Manuel não entende porque é dado um subsidio de risco a todos os profissionais de saúde envolvidos na linha da frente de combate ao Covid 19, mas os Bombeiros são deixados de fora, quando na maior parte das vezes são os Bombeiros Portugueses a lidar com estes doentes antes de qualquer outro profissional de saúde.


Luís Manuel não entende porque está infetado com Covid 19 quando tomou todos os cuidados de proteção, não entende, simplesmente não entende.


Não consegue entender o porquê de não existir um seguro de saúde para esta situação, Luís Manuel não entende, e decidiu desistir, decidiu desistir de ajudar os outros, decidiu desistir de lutar pelos outros quando ninguém luta por ele nem por outros milhares como ele. 


Luís Manuel hoje diz: 


"Fiquei infetado com Covid em serviço, para mim Chega, Basta, Acabou, se recuperar, vou cuidar de mim, vou cuidar dos meus. Hoje eu desisto de lutar, estou exausto, para mim chega."


"Luís Manuel"

Sem comentários:

Publicar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________