Onze Concelhos de Quatro Distritos em Risco Máximo de Incêndio - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

segunda-feira, 24 de agosto de 2020

Onze Concelhos de Quatro Distritos em Risco Máximo de Incêndio


Onze concelhos dos distritos de Castelo Branco, Santarém, Portalegre e Faro apresentam hoje risco máximo de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Em risco máximo estão os concelhos de Castelo Branco, Fundão, Vila Velha de Ródão, Proença-a-Nova, (Castelo Branco), Mação, Sardoal (Santarém), Gavião, Nisa, Marvão (Portalegre), São Braz de Alportel e Tavira (Faro).

O IPMA colocou também vários concelhos dos distritos de Bragança, Viseu, Guarda, Castelo Branco, Coimbra, Leiria, Santarém, Portalegre e Faro em risco muito elevado de incêndio.

O risco de incêndio determinado pelo IPMA tem cinco níveis, que vão de reduzido a máximo.

Os cálculos são obtidos a partir da temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

O IPMA prevê para hoje no continente céu pouco nublado ou limpo, com nebulosidade matinal no litoral Centro.

Está também previsto vento em geral fraco predominando do quadrante norte, soprando por vezes moderado na faixa costeira, e subida de temperatura, em especial da máxima, exceto no Algarve onde deverá descer.

As temperaturas mínimas vão oscilar entre os 13 graus Celsius (em Bragança) e os 22 (em Portalegre) e as máximas entre os 29 (na Guarda e em Leiria) e os 37 (em Évora e Santarém).

Fonte: Noticias ao Minuto

Sem comentários:

Publicar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________