Pai, o Que Fazes Enquanto Bombeiro? - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

sábado, 4 de julho de 2020

Pai, o Que Fazes Enquanto Bombeiro?


Certo dia o meu filho com apenas 9 anos sem que nada o fizesse prever  chegou junto a mim e perguntou:

-Pai, o que fazes enquanto Bombeiro?
Ao que respondo: -Filho, tento sobreviver.

Dia após dia, momento a momento, ingressei no meu corpo de bombeiros para realizar o sonho que qualquer criança tem, sem sequer ter noção do que ia enfrentar: Ser Bombeiro!!!

Crianças e bombeiros são o par perfeito. Passei dias a estudar, a aprender como combater o fogo e a utilizar a água. A escola de ingresso...ah! Que saudades dessa escola!

Sobrevivi.

Constituí família, filhos, força, fé, coragem, amor, tudo a seu tempo; sincronizado, disciplinado e muitas vezes fui taxado de frio e calculista.
Não me entendiam e também não entendiam que a profissão me tornava assim, e que não era um defeito, e sim uma protecção.

Os anos foram passando rapidamente e com eles as histórias, muitas noites sem dormir, o calor do fogo por entre as árvores avançando de encontro à viatura, a força mansa da água envolvendo a habitação tomada pelas chamas, o choro inconsolável da perda de uma história, uma biografia, e uma vida acabada em minutos.

No entanto há o reconhecimento, há o aceno das crianças em frente às escolas, as palmas após um salvamento, e até mesmo as vítimas que apertam forte as minhas mãos durante o transporte, como se eu fosse o seu melhor amigo, sendo que eu acabava de a conhecer à poucos minutos atrás.

E o orgulho dos meus filhos dizendo aos amigos: - O meu pai é bombeiro... E os gritos das crianças!!! Liga a sirene bombeiro!!!

Numa noite de lua cheia, com o vento a bater no meu rosto, enquanto nos deslocávamos para um acidente, percebia a expressão de alívio quando nos viram chegar, eram muitos os obrigados e muitas as lágrimas ao entrar na ambulância.
O silêncio impotente da perda, quando o nosso máximo não surtiu efeito, mesmo sabendo que não somos deuses.
A vibração da equipa quando ligamos para o hospital e ouvimos a frase: - Ela vai ficar boa.

E perante tudo isto eu respondo, Sobrevivi.
A cada experiência sem notar que estes momentos são inéditos e que isto é ser Bombeiro.

A luta contra as alturas, abraçando um homem que caiu num poço, em que estando este já sem vida, eu sentia a corda a puxar-me em direcção ao exterior como se fosse a mão de Deus, e eu naquela hora somente tinha uma certeza: - "Não te largarei."

O frio indescritível e congelante nas noites de Inverno, que mais parece que corta a pele e enrijece os membros mansamente. Os colegas que se foram, deixando as suas famílias à sua espera, mas não voltaram ao quartel.
- E o meu filho pergunta novamente; - E tu que fizeste pai?
-Filho, tentei sobreviver e Sobrevivi.

Dia após dia, com as glórias e as decepções, com as palmas e as lágrimas, fui pai, marido, amigo, bombeiro.
Muitos me chamaram e me chamam de Anjo, mas não sou Anjo, Sou Bombeiro.

Jamais vou esquecer as pessoas que me dizem; “Obrigado”, do choro de alívio, da sirene que anuncia a nossa chegada…

E o sorriso puro e inocente das crianças, estes sim são inesquecíveis.

Perante tudo isto só posso dizer:
SOBREVIVI…

Sem comentários:

Publicar um comentário

________________________________________________________________

_______________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________