Incêndio em Oleiros Dominado mas com muito Trabalho a Fazer - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

segunda-feira, 27 de julho de 2020

Incêndio em Oleiros Dominado mas com muito Trabalho a Fazer


Está dominado o incêndio que lavrava desde sábado no concelho de Oleiros, em Castelo Branco. No terreno continuam 868 operacionais, apoiados por 274 veículos e dois meios aéreos, um dos quais está a fazer vigilância para localizar pontos quentes.

Apesar de ter algumas partes ativas, a situação está controlada como indicou à Renascença o oficial de operações da Proteção Civil. Segundo Paulo Santos, “não quer dizer que em alguns locais não possa haver chama ativa.”

Com o baixar das temperaturas durante a noite, o combate ao incêndio que começou em Oleiros (distrito de Castelo Branco) e se alastrou aos concelhos de Proença-a-Nova e Sertã evoluiu de forma favorável. “Os trabalhos durante a noite decorreram de forma muito favorável. Tínhamos duas frentes ativas, neste momento temos uma frente ativa. A segunda frente está praticamente resolvida”, referiu o comandante da Proteção Civil Rui Laranjeira, pouco antes das 8h00 desta segunda-feira.
As autoridades esperam agora que a meteorologia ajude, “durante a manhã e durante o dia”, para que possam “consolidar trabalho feito durante a noite”.

As previsões apontam, contudo, para que o vento se continue a “fazer sentir no teatro de operações”.

A Proteção Civil recusa para já fazer previsões de quando é que o incêndio poderá ficar dominado.

Nesta manhã, não há habitações em risco, sendo que a maioria das pessoas retiradas de casa no domingo já regressaram às habitações.

Este incêndio já fez um morto e sete feridos. No terreno, mantêm-se 880 operacionais apoiados por 275 veículos.

Fonte: Renascença

Sem comentários:

Publicar um comentário

________________________________________________________________

_______________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________