Colisão no IC1 em Ourique Causou Cinco Feridos Graves - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

terça-feira, 7 de julho de 2020

Colisão no IC1 em Ourique Causou Cinco Feridos Graves


O IC1 esteve cortado ao trânsito junto a Ourique, no distrito de Beja, durante cerca de quatro horas, devido a um acidente que provocou cinco feridos graves.

O acidente ocorreu esta terça-feira, pelas 7.50 horas, no IC 1, ao quilómetro 668,7, no cruzamento para o miradouro da vila alentejana, e envolveu um veículo pesado de mercadorias e dois veículos ligeiros de passageiros, um dos quais de transporte de pessoal do Município de Ourique. Os cinco feridos ficaram encarcerados.

Segundo apurou o JN, o acidente aconteceu no sentido norte/sul, quando o veículo da autarquia de Ourique, que transportava três pessoas, se preparava para virar à esquerda em direção ao miradouro e foi abalroado na traseira pelo pesado de mercadorias.

Após o choque, a viatura da autarquia invadiu a via contrária e embateu num veículo de passageiros que circulava no sentido sul/norte.

Os cinco feridos têm entre os 30 e os 77 anos. Um homem e uma mulher, trabalhadores da Câmara de Ourique, foram transportados no helicóptero do INEM de Évora para o Hospital de Faro. Os outros feridos foram transportados de ambulância para o Hospital de Beja.

No local do acidente estiveram 48 operacionais dos Bombeiros de Ourique, Castro Verde e Aljustrel, viatura de Suporte Imediato de vida (SIV) de Castro Verde, helicóptero do INEM e do Destacamento de Transito da GNR, apoiados por 19 viaturas e um meio aéreo.

O IC 1 esteve cortado nos dois sentidos até às 11.45 horas para que os militares do Núcleo de Investigação Criminal de Acidentes de Viação (NIAVE) da GNR recolhessem provas que permitam esclarecer como aconteceu o acidente.

Durante cerca de quatro horas, o trânsito foi desviado pelo interior da vila de Ourique, permitindo a circulação em direção ao Algarve, Lisboa e Beja.

Fonte: JN

Sem comentários:

Publicar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________