Despiste causa duas vítimas mortais na Estrada do Aeroporto de Faro - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

quarta-feira, 3 de junho de 2020

Despiste causa duas vítimas mortais na Estrada do Aeroporto de Faro


Um despiste de um veículo ligeiro de passageiros (Peugeot 206), causou a morte a dois homens com idades entre os 20 e os 30 anos, ao final da noite desta terça-feira, na Estrada Nacional 125-10, que liga Faro ao Aeroporto.

O alerta foi dado pelas 23:47.

Ao Algarve Primeiro, fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Faro disse, “recebemos o alerta para um despiste de um veículo ligeiro junto à rotunda do aeroporto com duas vítimas encarceradas”.

Na chegada dos meios ao local, “confirmaram-se duas vítimas mortais, sendo declarado o óbito dos ocupantes no local pelo médico da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) de Faro” esclareceu a mesma fonte.

“Ia para o meu local de trabalho quando me deparei com o acidente. Parei para prestar o socorro antes de chegarem os meios de emergência. Despistaram-se e bateram contra uma árvore”,  disse ao nosso jornal Fábio Alexandre, que trabalha no Aeroporto de Faro.

No teatro das operações estiveram 20 operacionais, entre Bombeiros Sapadores de Faro, INEM, Cruz Vermelha e GNR, apoiados por nove viaturas.

O trânsito esteve condicionado a uma faixa de rodagem durante as operações.

Recorde-se que esta terça-feira foi registado na mesma estrada e a poucos metros deste trágico acidente, um capotamento de um veículo ligeiro de passageiros, na sequência de um despiste, tendo resultado num ferido sem gravidade, um homem com cerca de 30 anos.

Tiago Lima in Algarve Primeiro

Sem comentários:

Publicar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________