Portugal Ultrapassa Barreira dos Mil Mortos por Covid-19 - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

sexta-feira, 1 de maio de 2020

Portugal Ultrapassa Barreira dos Mil Mortos por Covid-19


É revisto em alta, esta sexta-feira, o número de mortos e de infetados pelo novo coronavírus em Portugal. A Direção-Geral da Saúde (DGS) revela, no boletim epidemiológico, que a Covid-19 já fez 1.007 mortos, um aumento de 18 mortes em 24 horas, o que reflete uma taxa de variação 1,82%. Há ainda 25.351 infetados, mais 306 que ontem (um aumento de 1,22% em 24 horas). 

Quanto ao número de recuperados, é agora de 1.647, mais 128 relativamente a quinta-feira. De realçar ainda que 3.828 pessoas aguardam resultado laboratorial e 29.756 estão em vigilância pelas autoridades de saúde.

Desde o dia 1 de janeiro, refira-se, as autoridades de saúde registaram 251.269 casos suspeitos, dos quais 222.090 testaram negativo.

Quanto à distribuição geográfica, o Norte continua a ser o mais afetado pela pandemia, com 15.231 casos e 578 óbitos confirmados. Segue-se Lisboa e Vale do Tejo, com 5.939 infeções e 202 óbitos.

Depois, o Centro surge com 3.419 pessoas infetadas e 201 vítimas mortais. No Algarve, somam-se 331 casos e 13 mortes. Por último, no Alentejo, há registo de 218 pessoas infetadas com Covid-19 e uma vítima mortal.

Já nas Regiões Autónomas, os Açores contabilizam 127 casos e 12 óbitos, enquanto a Madeira conta com 86 infeções.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de Covid-19 já provocou mais de 230 mil mortos e infetou mais de 3,2 milhões de pessoas em 195 países e territórios.

Face a uma diminuição de novos doentes em cuidados intensivos e de contágios, alguns países começaram a desenvolver planos de redução do confinamento e em alguns casos a aliviar diversas medidas.

Fonte: Noticias ao Minuto

Sem comentários:

Publicar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________