"Missão fundamental". Forças de segurança e bombeiros desfilam hoje em homenagem aos profissionais de saúde - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

sexta-feira, 17 de abril de 2020

"Missão fundamental". Forças de segurança e bombeiros desfilam hoje em homenagem aos profissionais de saúde


O porta-voz da Direção Nacional da PSP, Nuno Carocha, explicou que a homenagem vai consistir num desfile de viaturas da polícia e de instituições que se associaram à iniciativa da PSP. Junto aos hospitais, os participantes na homenagem sairão das viaturas por breves momentos, enquanto toca o Hino Nacional, havendo um elemento da PSP que entregará ao responsável da instituição um placard a destacar “o trabalho e o profissionalismo”.

A cerimónia simbólica “será breve, para não impedir o normal funcionamento das instituições”, adiantou Nuno Carocha.

A PSP destaca, a propósito da homenagem, que “desde a eclosão da crise pandémica que os profissionais de saúde têm desempenhado uma missão fundamental na primeira linha do combate ao inimigo invisível e insidioso que ataca a população portuguesa e mundial".

À iniciativa juntaram-se a Guarda Nacional Republicana (GNR), o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), a Polícia Marítima (PM), as polícias municipais e corpos de bombeiros.

A iniciativa decorrerá em simultâneo, a partir das 15:30, nos distritos de Lisboa, Porto, Braga, Coimbra, Guarda e Faro e nas regiões autónomas dos Açores e da Madeira, onde estão localizados hospitais de referência no combate à pandemia ou instituições de emergência e socorro que têm apoiado a ação das forças e serviços de segurança.

Em Lisboa estão previstas duas colunas, uma que vai partir do Hospital de Santa Maria, seguindo para o hospital da Cruz Vermelha e José de Almeida (Cascais) e outra que partirá do Hospital Dona Estefânia, seguindo para a sede do INEM, Hospital Curry Cabral e Hospital Dr. Fernando da Fonseca (Amadora/Sintra).

No Porto, serão visitados os hospitais de São João, de Santo António, Pedro Hispano e de campanha do Porto, havendo a mesma homenagem no hospital de Braga.

A ação estende-se ao Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, incluindo o Hospital pediátrico, ao de Faro e à Guarda, no Hospital Sousa Martins.

Nos Açores serão visitados o Hospital do Divino Espírito Santo (Ponta Delgada) e, simultaneamente, o Hospital de Santo Espírito, em Angra do Heroísmo, Ilha Terceira, enquanto na Madeira será o Hospital Dr. Nélio Mendonça.

Nos demais distritos e mesmo em outras unidades de saúde serão igualmente realizadas homenagens no âmbito da presente iniciativa, adianta a PSP.

A nível global, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 140 mil mortos e infetou mais de 2,1 milhões de pessoas em 193 países e territórios. Mais de 450 mil doentes foram considerados curados.

Em Portugal, morreram 629 pessoas das 18.841 registadas como infetadas.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Fonte: Sapo 24

Sem comentários:

Publicar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________