Primeiro Caso Suspeito do Novo Coronavírus em Portugal - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

sábado, 25 de janeiro de 2020

Primeiro Caso Suspeito do Novo Coronavírus em Portugal


Está a ser avaliado o primeiro caso suspeito do novo coronavírus  em Portugal, confirmou a Direção-Geral de Saúde (DGS) em comunicado, este sábado.

O mesmo documento informa que o doente, que terá regressado hoje da China onde esteve na cidade de Wuhan, nos últimos dias, encontra-se sob observação no Hospital Curry Cabral, em Lisboa.

A situação clínica do paciente está estável. A DGS aguarda agora os resultados das análises laboratoriais em curso, para dar mais informações sobre o caso.

Os primeiros casos do vírus "2019 - nCoV" apareceram em meados de dezembro na cidade chinesa de Wuhan, capital e maior cidade da província de Hubei, no centro da China, quando começaram a chegar aos hospitais pessoas com uma pneumonia viral.

Os sintomas destes coronavírus são mais intensos do que uma gripe e incluem febre, dor, mal-estar geral e dificuldades respiratórias, incluindo falta de ar.

O vírus já matou 41 pessoas na China e infetou mais de 1.300 em vários países.

Além do território chinês, foram confirmados casos em Macau, Tailândia, Taiwan, Hong Kong, Coreia do Sul, Japão, Estados Unidos, Malásia, França e Austrália.

Ao longo dos últimos dias, as autoridades chinesas proibiram as entradas e saídas de Wuhan e várias cidades na região, afetando mais de 50 milhões de chineses, e, hoje, decretaram que apenas veículos de emergência podem circular na cidade onde teve origem o surto.

Também em Wuhan começou a ser construído um novo hospital, com capacidade para 1.300 pacientes, que estará concluído em duas semanas, e foi anunciado o envio de equipas de médicos militares especialistas para a província de Hubei, onde se localiza Wuhan.

Fonte: Noticias ao Minuto

Sem comentários:

Publicar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________