Homem Vê Casa e Carro Destruídos por Incêndios em Seis Dias - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

sexta-feira, 3 de janeiro de 2020

Homem Vê Casa e Carro Destruídos por Incêndios em Seis Dias


Um homem, residente na Moita, viu o automóvel e a sua habitação destruídos pelo fogo, no espaço de apenas seis dias. A Polícia Judiciária (PJ) investiga a possibilidade de se tratar de fogo posto, como forma de vingança para com a vítima. O primeiro incêndio ocorreu a 27 de dezembro, e o mais recente esta quinta-feira de manhã.

No caso da habitação consumida pelas chamas, o fogo teve lugar quando o proprietário estava ausente. O alerta chegou aos Bombeiros da Moita cerca das 21h00 e os operacionais mobilizados para o local encontraram a casa fechada. Para conseguirem combater as chamas, acabaram por ter de arrombar a porta.

A violência do incêndio levou mesmo a que cerca de duas dezenas de moradores do mesmo imóvel tivessem de ser retirados durante os trabalhos dos bombeiros. O fogo não causou feridos, mas provocou extensos danos na casa.

Esta quinta-feira, durante a manhã, o dono do apartamento foi alvo de outro incêndio. Desta feita, o homem viu o seu carro ficar reduzido a cinzas. O incêndio deflagrou quando a viatura estava estacionada. Os Bombeiros da Moita atacaram as chamas, mas o veículo ficou completamente destruído.

A GNR da Moita tomou conta de ambas as ocorrências, e nas duas estiveram presentes inspetores da brigada de incêndios da PJ de Setúbal. A possibilidade de se tratar de uma vingança para com o homem é uma das linhas de investigação das autoridades.

Fonte: Correio da Manhã

Sem comentários:

Publicar um comentário

________________________________________________________________

_______________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________