Três socorristas morrem em queda de helicóptero em Marselha - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

segunda-feira, 2 de dezembro de 2019

Três socorristas morrem em queda de helicóptero em Marselha


Três socorristas morreram numa queda de helicóptero, perto de Marselha, enquanto se encontravam numa missão de resgate no sul de França, onde as inundações já fizeram dois mortos.

Segundo o ministro do Interior o helicóptero foi encontrado durante a madrugada desta segunda-feira. "Enquanto o helicóptero EC145 da Proteção Civil estava a ir para Le Luc-Le Cannet para uma missão de reconhecimento e resgate as ligações de rádio e radar deixaram de funcionar", afirmou Christophe Castaner, na rede social Twitter.

"Apesar de esforços de busca (...) os três ocupantes do helicóptero foram encontrados mortos à 1h30", perto da cidade de Rove, na região de Marselha.

No interior do aparelho encontravam-se o piloto, o co-piloto e um bombeiro-sapador do departamento de bombeiros de Bouches-du-Rhone.

O jornal FranceBleu dá conta de que as autoridades abriram uma investigação ao acidente. A hipótese de um acidente devido à baixa visibilidade no nevoeiro foi considerada, mas ainda não confirmada.

O sul de França tem sido atingido por chuvas torrenciais pela segunda vez numa semana. Ao todo já há cinco mortos e o alerta passou de vermelho para laranja com o nascer do dia. Há uma semana, as chuvas fortes provocaram inundações e obrigaram à retiradas de muitas pessoas. A subida do nível das águas chegou aos sete metros, um recorde que não se registava há 50 anos.

Fonte: Noticias ao Minuto

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

_______________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________