Joana Amaral Dias Acusa INEM de Negligência e Incompetência - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

terça-feira, 10 de dezembro de 2019

Joana Amaral Dias Acusa INEM de Negligência e Incompetência


Carlos Amaral Dias morreu esta semana, aos 73 anos, a caminho da unidade hospitalar após ter ficado cerca de duas horas à espera da ambulância.

De acordo com Joana Amaral Dias, o pai, Carlos Amaral Dias, psicanalista de 73 anos, sentiu-se mal por volta das 9 horas da passada desta terça-feira, dia 3 de dezembro, tendo a ambulância sido chamada nove minutos depois. No entanto, Carlos só chegou ao hospital depois das 11 horas da manhã, cerca de duas horas depois, já sem vida.

Joana Amaral Dias criticou, este fim-de-semana, a atuação do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) e as debilidades do Sistema Nacional de Saúde, que têm deixado todos os cidadãos portugueses “numa situação de vulnerabilidade imensa”.

“O que aconteceu foi um cocktail fatal de acidentes, negligência e incompetência. Houve uma ambulância que avariou, mas também se verificaram demoras e a chegada do carro do INEM só com um técnico e sem o equipamento de reanimação como a situação estritamente ditava. O resultado foi a morte.

Pedimos autópsia e o INEM abriu um inquérito. Aguardamos os resultados. E se isto pode acontecer com um homem de 73 anos a viver no centro de Lisboa, pode suceder a qualquer um de 20 ou 30, em Viseu ou em Faro ou no interior desertificado. Pode acontecer a qualquer um, vivemos num país que cortou no essencial, deixou a gordura e talhou o osso, deixando as populações vulneráveis, desprotegidas e entregues à sua sorte. Pode acontecer-te a ti.”

Sem comentários:

Publicar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________