Um Ano Passou, Para Que Serviu Essa Manifestação? - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

sexta-feira, 29 de novembro de 2019

Um Ano Passou, Para Que Serviu Essa Manifestação?


Passou um ano da manifestação de 24 de Novembro de 2018, organizada pela LBP e apoiada pelas suas Federações no Terreiro do Paço em Lisboa, que reivindicavam uma direção nacional autónoma, independente e com orçamento próprio, um comando autónomo de bombeiros e o cartão social do bombeiro, na falta de diálogo impuseram um corte "imediato"e "radical", que implicou a suspensão de toda a informação operacional aos respetivos CDOS como não aderirem ao  DECIR2019.

 Passou um ano e nada, os bombeiros levantaram boicote á informação operacional para os CDOS, como aderiram ao DECIR 2019 e o governo não cedeu em nenhuma reivindicação, como ainda piorou o estado das coisas, uma afronta aos corpos de bombeiros e aos bombeiros.

O presidente da LBP Marta Soares, Federações Distritais de Bombeiros, comando e direções nem uma palavra, nem um comunicado sobre o sucedido, se remeteram o silêncio, um silêncio eloquente e comprometedor , uma grande falta de respeito  pelos operacionais “Bombeiros”, que estiveram nessa manifestação  e nos quartéis, que por um momento acreditaram na mudança e nas entidades que  dizem que os defendem de um sistema que pede tudo e nada dá, nem reconhecem o trabalho e o sacrifício desses milhares de homens e mulheres, que são o pilar mais importante do socorro a nível nacional. 

Autor Fénix
 http://voo-da-fenix.blogspot.pt/

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

_______________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________