Anadia: Renovação da Frota dos Bombeiros Visa Prestar Mais e Melhor Serviço - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

quinta-feira, 24 de outubro de 2019

Anadia: Renovação da Frota dos Bombeiros Visa Prestar Mais e Melhor Serviço


A bênção de três novas viaturas de transporte de doentes não urgentes, uma das quais elétrica, e a promoção de dois bombeiros foram, na última quarta-feira, dia 16, os acontecimentos que marcaram o dia na vida da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Anadia (AHBVA).

A cerimónia, ainda que singela, contou com a presença de elementos que integram os vários órgãos sociais da associação, bombeiros e autarcas.

Depois da promoção a chefe de Dário Manuel Costa e a bombeiro de 1.ª , António José Pereira, caberia ao padre António Torrão proceder à bênção das viaturas.

Inovação
Na hora dos discursos, Pedro Carvalho, presidente da direção da AHBVA, era um homem feliz, ao conseguir, neste seu mandato, mais uma significativa melhoria para a corporação: a tão necessária, quanto desejada, renovação da frota da corporação. Uma tarefa que está a ser realizada de forma gradual e consistente, já que algumas viaturas acusavam há vários anos o peso da idade e dos milhares de quilómetros percorridos.

Num agradecimento sentido aos bombeiros e ao seu desempenho ao longo do verão, Pedro Carvalho não deixou de frisar que as novas viaturas “são fundamentais” à corporação para que esta possa “prestar um bom serviço”, destacando ainda sentir-se orgulhoso pelo facto da corporação anadiense ser a primeira, a nível nacional, dotada com uma viatura cem por cento elétrica (com autonomia para 150 quilómetros), para transporte de doentes não urgentes, fruto da caminhada solidária promovida pela VITI.

Fonte: Jornal da Bairrada

Sem comentários:

Publicar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________