Macedo de Cavaleiros Homenageia Equipa do Helicóptero do INEM Acidentado - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

quarta-feira, 26 de junho de 2019

Macedo de Cavaleiros Homenageia Equipa do Helicóptero do INEM Acidentado


O município de Macedo de Cavaleiros vai homenagear, no sábado, a equipa de quatro profissionais que morreu, em dezembro, no acidente de um helicóptero do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), em Valongo, informou hoje a autarquia transmontana.

Macedo de Cavaleiros é a base do meio de socorro aéreo (Heli 3) de onde partiu, a 15 de dezembro de 2018, o helicóptero para transportar uma doente para um hospital do Porto. O acidente ocorreu no regresso e vitimou um médico, uma enfermeira e dois pilotos.

A Câmara Municipal de Macedo de Cavaleiros informou hoje que vai homenagear, no sábado, o dia do município, com a atribuição a título póstumo da Medalha de Mérito Municipal de Valor e Altruísmo, Grau Ouro, o médico Luís Vega, de 47 anos, a enfermeira Daniela Silva, de 34 anos, o piloto João Lima, de 56 anos, e o copiloto Luís Rosindo, com 31 anos.

A cerimónia terá lugar durante as comemorações do Dia do Município e, de acordo com a informação divulgada pela autarquia, contará com a presença da ministra da Saúde, Marta Temido.

Segundo o presidente da câmara, Benjamim Rodrigues, "a decisão foi tomada em reunião camarária logo após o trágico acidente e pretende enaltecer a forma como, com altruísmo e resiliência, os quatro elementos do Heli 3 assumiram um papel fundamental no auxílio às populações" desta região".

"Creio que não há melhor forma de reconhecer o trabalho desenvolvido por aqueles quatro heróis do que fazer esta homenagem no Dia do Município", acrescentou.

Na cerimónia marcada para as 15:00, no Centro Cultural de Macedo de Cavaleiros, serão também condecorados o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) e Manuel Filipe Serralva, o médico com mais horas em emergência médica e que prestou serviço na base do Heli 3 desde que o mesmo foi sediado em Macedo de Cavaleiros. 

"Pretendemos valorizar o trabalho desenvolvimento pelo Dr. Serralva desde que o INEM instalou esta base no nosso município. Quanto ao INEM, é o reconhecimento da forma como ao longo destes anos tem desempenhado um serviço em prol de toda a região, por via terrestre e aérea, de forma exemplar e com muitas vidas salvas", justificou o autarca.

Os quatro elementos do Heli 3 do INEM morreram a 15 de dezembro de 2018 depois de a aeronave onde seguiam se ter despenhado na zona da serra de Pias, em Valongo.

A equipa do INEM tinha descolado por volta das 15h00 da base em Macedo de Cavaleiros para efetuar o transporte de uma mulher de 76 anos com problemas cardíacos graves que se encontrava na Unidade Local de Saúde (ULS) do Nordeste, em Bragança. 

O transporte de emergência teve como destino o Hospital de Santo António, no Porto, onde a doente chegou por volta das 18h10. No trajeto de regresso, por volta das 18h30, a aeronave deixou de ser vista no radar.

A aeronave acidentada foi substituída 48 horas após o acidente e este meio de socorro, que serve todo o distrito de Bragança, continua a ser o que mais missões faz entre a frota aérea nacional do INEM.

Fonte: Correio da Manhã

Sem comentários:

Publicar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________