Quanto Mais Nos Baixamos Mais Se Nos Vê o CU - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

sexta-feira, 17 de maio de 2019

Quanto Mais Nos Baixamos Mais Se Nos Vê o CU


Há uns tempos dizia eu num post que andávamos a engordar o porco dos outros e cada vez se vez mais isso.

Nós, os bombeiros, levamos “porrada” de todo lado, somos sempre passados para trás mas quando é necessário é aos Bombeiros que vêm “beber” todas as Instituições.

O INEM, vem recrutar aos Bombeiros, a FEPC vem recrutar aos Bombeiros, a AGIF vem recrutar aos Bombeiros ….

Mas a AGIF, a tal agência que vai “derreter” 5 milhões só lhes interessa mesmo vir esmifrar os recursos aos bombeiros e depois torna-os independentes porque ao que parece, e porventura bem, exige-lhes exclusividade, pois criou uma incompatibilidade entre ser funcionário da AGIF e ser bombeiro. E assim andamos a dar o “coiro” ao manifesto a formar, a dar experiência e depois não temos capacidade de segurar os que formamos porque aparecem outros com “chorudos” orçamentos, pagos por todos nós e desviam o “capital humano” que formamos. Assim é fácil ……

Hoje li uma notícia que parece tirada a papel químico de uma outra do ano passado que dizia que uma determinada “Força de Combate a Incêndios” faltavam botas e mangueiras para combaterem incêndios. O ano passado se não me engano eram luvas e fardas, este ano ao que parece, a fazer fé na notícia, são 1118 pares de botas.

Eu ainda me lembro de com grande pompa e circunstância aos Bombeiros serem entregues EPI para metade, sim leram bem, METADE dos elementos constantes do Corpo Activo. Não fomos descalços nem despidos mas fomos TODOS combater incêndios. Como provavelmente somos uma “cambada de malfeitores” as mangueiras e outro material que se estragam nos incêndios para serem substituídas devem sempre que possível ter fotos anexas aos RO, isto para não falar no combustível sempre pago a preço mais baixo que o da aquisição.

Não digo que não devem ser dotados de todo o equipamento, foi só para lembrar os dois pesos e duas medidas, simplesmente isso.

A SIRESP ameaça que desliga o sinal dos satélites. Solução? Negoceia-se.

Fez-se há tempos um alarido e muita gente pensou que se estava a resolver o problema dos “Assalariados” das Associações, mas eu avisei que não seria assim, e o que é que aconteceu? Os Bombeiros profissionais foi-lhes dado uma carreira. Bom os profissionais só alguns, porque aos ditos “Assalariados” e outros que tais das AHBV não foi dado nada. O problema é que andaram a vender “gato por lebre” e não vejo grande preocupação com eles.

Conclusão, ao que parece só vê os problemas resolvidos quem berra, quem reclama, quem barafusta, todos os outros vão ficando para trás.

Eu sempre fui, e acho que ainda sou contra greves, mas sinceramente começo a mudar de opinião, porventura é necessário e conveniente fazer um bocadinho, só um poucochinho como os motoristas de “transporte de matérias perigosas”, para mostrar quem realmente garante a segurança e o socorro às populações.

Só um cheirinho. É que isto de andar a “engordar o porco dos outros” não dá com nada e já dizia a minha avó “Quanto mais nos baixamos mais se nos vê o CÚ”.

Disse:

Martins Andrade

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

_______________________________________________________________

--------------------------------------------------------------------------------------------------

________________________________________________________________

________________________________________________________________