O Voluntário Não Vai Ser Extinto o Actual Sistema é que Está Obsoleto - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

sábado, 18 de maio de 2019

O Voluntário Não Vai Ser Extinto o Actual Sistema é que Está Obsoleto


Hoje em dia muita gente anda preocupada com a extinção dos bombeiros voluntários, onde cada vez existem menos efectivos, tudo motivado por um sistema obsoleto que somente persiste por interesses financeiros e pessoais.

O actual sistema assenta em associações humanitárias de bombeiros, entidades privadas sem fins lucrativos, detidas por associados, que prestam diversos serviços, inclusive de socorros, para o estado, municípios como para diversas entidades publicas e privadas, recebem subsídios municipais e estatais como cobram dos serviços prestados as diversas entidades, onde o estado atribui  incentivos aos bombeiros, baseada a uma equação associada ao serviço minimo operacional imposto anualmente aos bombeiros voluntários,  dando em média um gasto equivalente a um ordenado mínimo nacional por cada bombeiros voluntário existente.

Na grande maioria dos países do mundo existem bombeiros voluntários, com leis e regras, que coabitam num sistema misto, entre profissionais e voluntários, onde a única diferença é quem os detêm é a forma como são pagos pelo o seu tempo despendido, se uns são pagos financeiramente, outros são pagos ou recebem incentivos pelo o seu tempo despendido, como trabalho sazonal ou par-time, criando um sistema conjuntural que cresce consoante as necessidades.

O problema em Portugal é que os corpos de bombeiros portugueses deviam ser nacionalizados, coloca-los sobre o domínio municipal, e serem os municípios suportarem a sua existência, caberia a eles a decisão ter um corpo de bombeiros 100% profissional ou ter corpos de bombeiros mistos, como já acontece em muitos municípios portugueses, muitos optaram de criar corpos de bombeiros mistos sobre o domínio municipal, criando incentivos para captação de bombeiros em regime voluntário, é a única forma de ter e assegurar os voluntários, porque de outra forma só pagando a profissionais, mesmo assim tem que existir um equilíbrio nos incentivos dados, para não tornar o serviço voluntário financeiramente excessivo que levará à sua extinção e ser substituído obrigatoriamente por  profissionais, o que tem acontecido em muitas Associações Humanitárias de Bombeiros Voluntários, que são constituídas por 100% por bombeiros profissionais, verdadeiras empresas de prestações de serviço, mas continuam com a designação de  Voluntários por interesses financeiros.
  

Autor Fénix
 http://voo-da-fenix.blogspot.pt/

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

_______________________________________________________________

--------------------------------------------------------------------------------------------------

________________________________________________________________

________________________________________________________________