Verão Temporão. As Debilidades do Sistema!!! - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

quarta-feira, 27 de março de 2019

Verão Temporão. As Debilidades do Sistema!!!


Há dias, muitas vezes tenho ouvido o Sr. MAI propalar aos quatro ventos que as mudanças efectuadas na PC se revelaram eficazes o que levou a uma redução da área ardida o ano passado. 

Eu tenho rebatido e dito que se não fosse o São Pedro ajudar a “coisa” tinha sido igual aos outros anos. Aliás meio na brincadeira disse no meu último post que o São Pedro não estava a querer ajudar porque devia estar chateado por alguns se virem afiambrar da ajuda que ele deu.

E Ele pensou, “bota lenha nisso para ver o que acontece”.

Temos assistido a incêndios atrás de incêndios, tal e qual como nos anos anteriores, com condições idênticas, apesar da obrigatoriedade da comunicação das Queimas, mais uma ideia “brilhante”.

O caricato da situação é que com condições iguais tudo é igual.

Os incêndios, com comunicação ou sem comunicação das queimas, estão acontecer na mesma e as outras forças que não os Bombeiros, com reforços ou sem reforços são os mesmos, ou seja nenhuns, ou muito poucos, a acreditar pelos números que se vão vendo.

Assim sendo e toda a gente constatando isso, porque “carga de água” é que se continua apostar nesse tal reforço, se só aparecem no período critico e quando aparecem. Pois fazem mais horas e depois têm que ser compensados, muito bem. Então e depois há “Lata” para pedir aos Incompetentes para irem voluntariamente fazer o trabalho?

Ponham os olhos nisso e vejam onde realmente valerá a pena investir, até porque o “LUME” depois de começar a sua cavalgada não olha para as divisões administrativas nem tem relógio. Se o “LUME” tivesse horário resolvia o problema, das X às X, depois parava para ganhar balanço, mas não só se alimenta não dorme e por isso obriga a que outros às vezes nem comam nem durmam.

Estranho o barulho que o silêncio da AGIF e dos Técnicos. Andam e apregoam que se devem substituir, nos incêndios Florestais ou Rurais, já nem sei, e agora que não se vêm aqueles que eles querem reforçar remetem-se simplesmente ao silêncio. Pois, já me esquecia a AGIF ainda não está completa, ainda se anda em período de selecção dos candidatos.

Deixem-se de “brincadeiras” e olhem para quem realmente resolve os problemas.

Digo eu assim com os nervos…

Martins Andrade

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________

_______________________________________________________________

--------------------------------------------------------------------------------------------------

________________________________________________________________

________________________________________________________________