Até na Noite de Natal Há Falsos Pedidos de Socorro para o 112 - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

quarta-feira, 26 de dezembro de 2018

Até na Noite de Natal Há Falsos Pedidos de Socorro para o 112


Bombeiros e INEM de Braga foram chamados para falsa colisão com feridos graves e encarcerados no meio de várias solicitações reais.

Um falso alarme de colisão rodoviária, com supostos feridos graves e encarcerados, levou à deslocação de bastantes meios operacionais, em plena noite de Natal, para a Estrada Nacional 310 (EN310), na Póvoa de Lanhoso, constatando-se que afinal nada se verificara. O telefonema feito para o 112 por volta das 20.30 de anteontem, hora do tradicional jantar de consoada, dava conta de um "gravíssimo" acidente de viação, que teria ocorrido poucos momentos antes, na EN310, num troço situado na freguesia de Vilela, que liga a Póvoa de Lanhoso a Caldas das Taipas. Bombeiros e profissionais do INEM deslocaram-se de imediato para Vilela, incluindo as duas viaturas médicas de emergência e reanimação (VMER), de Braga e de Guimarães, as mais próximas do local da falsa ocorrência, verificando-se a falsidade da comunicação telefónica.

Esta situação vem chamar uma vez mais a atenção para o elevado número de alertas falsos de casos graves, que provocam transtornos aos serviços operacionais e "poderá impedir o socorro atempado", conforme apurou o JN junto dos meios da Proteção Civil.

Não foi calma a noite e dia de Natal para os bombeiros do distrito de Braga, apesar de não se terem registado acidentes rodoviários graves, até à hora do fecho desta edição. Mas houve duas mortes por paragem cardiorrespiratória, vitimando em ambos os casos, pessoas idosas: um septuagenário na localidade de Campo, na Póvoa de Lanhoso; e um octogenário, na freguesia de São Lázaro, em Braga.

Ao princípio da tarde de ontem, verificou-se o despiste de um automóvel, na EN205, em Palmeira, nos arredores de Braga, causando ferimentos aos dois ocupantes da viatura. Foram socorridos e transportados pelo INEM e pelos Bombeiros Sapadores de Braga, já depois de assistidos no local, por um médico, um enfermeiro e elementos dos Sapadores.

"Fruta da época" para o Hospital e INEM

O Hospital de Braga teve um afluxo idêntico ao habitual, tratando-se de uma véspera e de um feriado de Natal, enquanto o Grupo de Braga do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) acorreu às referidas ocorrências mortais e ao acidente de viação. Os técnicos de emergência pré-hospitalar e os médicos e enfermeiros que estiveram na viatura médica de emergência e reanimação (VMER), a valência do INEM que funciona como "sala de emergência" avançada no local das ocorrências, assistiram ainda, em Amares, um jovem com dores torácicas, que tinha sido já socorrido pela Cruz Vermelha. Foi transportado para o Hospital de Braga.

Registos

A noite dos Sapadores

Os Sapadores Bombeiros de Braga tiveram uma noite calma, comparativamente com outras noites natalícias. Acorreram, por exemplo, a duas situações de fogo, a primeira das quais na lareira de uma moradia, em Lomar, seguindo-se o caso da cozinha de um apartamento incendiada, na Urbanização das Amoreiras, em São Vicente, sem feridos.

21 intervenções da VMER

A viatura médica de emergência e reanimação (VMER) do INEM de Braga teve 21 intervenções durante a véspera e o feriado de Natal.

Fonte: JN

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

_______________________________________________________________

--------------------------------------------------------------------------------------------------

________________________________________________________________

________________________________________________________________