Três Motards Mortos em Domingo Trágico - VIDA DE BOMBEIRO

_______________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

segunda-feira, 23 de julho de 2018

Três Motards Mortos em Domingo Trágico


Três motociclistas morreram este domingo em violentos acidentes. Dois deles numa colisão frontal entre motos, ocorrida de madrugada na estrada do Guincho, em Cascais. 

A polícia tem estado atenta a corridas ilegais naquela estrada e investiga agora se as vítimas, dois homens de 25 e 34 anos, se dedicavam a essa prática proibida. A terceira vítima, de 38 anos, perdeu a vida num despiste ao início da tarde, em Vila Nova de Gaia. Segundo explicou ao CM fonte policial, foi um oficial da PSP que deu o alerta para a brutal colisão na EN247 (conhecida por estrada do Guincho). 

O acidente ocorreu após a reta dos oitavos, numa curva. Os dois motociclistas seguiam em sentidos opostos e colidiram de frente após um deles ter entrado em contramão na curva. André Filipe Rodrigues, de 25 anos, e André Augusto Simões, de 34, não resistiram. "Mobilizámos para o local 13 operacionais e cinco viaturas dos bombeiros, INEM e PSP. Infelizmente, já nada havia a fazer pelas vítimas. O óbito foi declarado no local pela equipa médica do INEM", disse ao CM João Loureiro, comandante dos bombeiros de Cascais. 

A via esteve cortada até às 2h30, quando os corpos foram levados para a morgue. Ontem à tarde, amigos das vítimas já tinham montado um altar com flores no local do acidente. Fonte policial referiu que a estrada do Guincho tem sido palco de corridas ilegais de carros e motos ocorridas durante as madrugadas dos fins de semana. O acidente de ontem encontra-se em investigação. "Não sabemos ainda se alguma das duas vítimas se dedicava a essas corridas. Temos andado em cima deles mas não os conseguimos apanhar a todos", explicou a mesma fonte. Em Vila Nova de Gaia, Hélder Costa morreu quando a moto em que seguia se despistou. 

O alerta foi dado às 13h09 para um acidente na rua D. Henrique de Cernache. O homem entrou em paragem cardiorrespiratória e não resistiu à gravidade dos ferimentos. Os bombeiros de Coimbrões e a equipa da VMER do Hospital Santo António, no Porto, estiveram no local.

Correio da manhã

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

--------------------------------------------------------------------------------------------------

________________________________________________________________