Novos Helicópteros Kamov a Chegar a Portugal - VIDA DE BOMBEIRO

--------------------------------------------------------------------------------------------------

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

segunda-feira, 2 de julho de 2018

Novos Helicópteros Kamov a Chegar a Portugal


O Governo e a Heliportugal assinam esta segunda-feira o contrato para aquisição de mais meios aéreos de combate aos fogos. O Ministério da Administração Interna (MAI) contratou a esta empresa, através de ajuste direto, o aluguer de três novos helicópteros pesados Kamov, de combate a fogos. 

As aeronaves vão substituir os helicópteros que eram explorados pela Everjets – também Kamov mas que estão todos inoperacionais, situação que levou o ministério a romper o contrato de exploração. 

Segundo fonte da Proteção Civil disse ao CM, os três novos Kamov vão ficar em Portugal pelo menos até outubro ou novembro, estacionados na base de Ponte de Sor. Junto com as aeronaves virão as respetivas tripulações de pilotagem e mecânica. São russos e não falam português. A Heliportugal foi buscar os helicópteros à Bulgária. 

As aeronaves estavam empenhadas em missões de busca e salvamento neste país da Europa de Leste, mas em Portugal vão estar apenas adstritos ao combate a incêndios. Para o efeito, irão ser ‘despidos’ de todo o material desnecessário, chegando ao Portugal bastante mais leves. 

Mais meios de combate aos fogos até 30 de setembro     

Apesar da chuva teimar em cair, o País já se encontra na época considerada de alto risco para a ocorrência de fogos. Por isso os meios de combate foram reforçados. De acordo com o dispositivo especial de combate a incêndios rurais, até 30 de setembro vão estar operacionais 10 767 elementos, 2463 veículos e 55 meios aéreos. Em relação ao ano passado, há mais mil homens e mais sete aeronaves. 

Correio da manhã

Sem comentários:

Enviar um comentário