Bombeiros Ateavam Fogos em Dias de Folga - VIDA DE BOMBEIRO

--------------------------------------------------------------------------------------------------

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

quinta-feira, 5 de julho de 2018

Bombeiros Ateavam Fogos em Dias de Folga


Mais de dez fogos florestais só este ano, em Alenquer, foram provocados por dois bombeiros da corporação. Os dois operacionais - um profissional e outro voluntário, de 25 e 20 anos, respetivamente - foram detidos no âmbito de uma investigação da Polícia Judiciária de Lisboa. 

São hoje presentes a juiz para lhes serem aplicadas as medidas de coação. Os dois foram também responsáveis por mais de uma dezena de fogos que deflagraram no ano passado, a juntar aos incêndios que atearam já este ano. 

De referir que os fogos, que lavraram sobretudo em matas, aconteciam sempre em dias de folga dos dois operacionais e eram combatidos pelos colegas de profissão. O mais velho foi detido terça-feira, no quartel dos bombeiros, em frente aos colegas, sem oferecer qualquer resistência. O mais novo foi apanhado ontem pelos investigadores, 24 horas depois da primeira detenção, numa oficina onde é mecânico. 

Segundo um colega dos dois homens, ambos já confessaram os crimes - não têm antecedentes criminais. Confrontado pelo Correio da Manhã, Rodolfo Baptista, comandante dos Bombeiros de Alenquer, confirmou a detenção dos dois bombeiros. "Estamos a colaborar com as autoridades e internamente já suspendemos os dois homens até se averiguar todos os factos e estiver concluída a investigação", disse Rodolfo Baptista. 

Desconhecem-se os motivos pelos quais os dois homens atearam os vários incêndios na zona de Alenquer, que obrigaram à rápida intervenção dos colegas. Serão responsáveis por mais de 20 fogos.

Fonte: Correio da Manhã

Sem comentários:

Enviar um comentário