Câmara de Santarém investiu 1,3 milhões em proteção civil e vai contratar mais bombeiros - VIDA DE BOMBEIRO

_______________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

sexta-feira, 18 de maio de 2018

Câmara de Santarém investiu 1,3 milhões em proteção civil e vai contratar mais bombeiros


No ano de 2017, a Câmara Municipal de Santarém investiu 1,3 milhões de euros na proteção civil e, ainda este ano, vai comprar uma nova viatura de combate a incêndios, que deverá chegar em junho, e contratar mais bombeiros.

A informação foi revelada pelo presidente da autarquia esta terça-feira, 15 de maio, durante a cerimónia de tomada de posse do novo comandante dos Bombeiros Municipais de Santarém. Perante uma plateia onde estavam cerca de meia centena de bombeiros do município, a maior parte dos comandantes das corporações dos vários concelhos do distrito e responsáveis da Liga e Associação Nacional de Bombeiros Profissionais, entre outros, Ricardo Gonçalves salientou o esforço feito pela autarquia no apoio não só aos bombeiros municipais mas também às três corporações de voluntários do concelho.

O autarca afirmou ainda que o município quer mesmo avançar para a construção de um novo quartel para os municipais, revelando que o projeto está a avançar e esperando que seja possível candidatá-lo a fundos comunitários do programa Portugal 2020.

Ricardo Gonçalves manifestou ainda a sua preocupação com a situação e os atrasos do dispositivo de combate a incêndios, revelando que escreveu aos presidentes da República e da Assembleia da República, ao Primeiro Ministro e ao Ministro da Administração interna a mostrar essas mesmas preocupações, garantindo que a câmara vai fazer o que é possível mas não vai conseguir fazer tudo.

"Onde estão os meios aéreos? Quando chega o helicóptero para Pernes?" questionou o autarca prometendo "fazer barulho" caso os meios não estejam prontos a 1 de junho, conforme previsto.

Rede Regional

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

--------------------------------------------------------------------------------------------------

________________________________________________________________