Ex-Comandante Nacional da Proteção Civil Contratado Para Prestar Serviços de “Assessoria” na Defesa da Floresta Contra Incêndios - VIDA DE BOMBEIRO

--------------------------------------------------------------------------------------------------

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

sexta-feira, 13 de abril de 2018

Ex-Comandante Nacional da Proteção Civil Contratado Para Prestar Serviços de “Assessoria” na Defesa da Floresta Contra Incêndios


Passados quatro meses de se ter demitido, após ter vindo a público o volume ilegal de equivalências com que concluíra a sua licenciatura, Rui Esteves, ex-comandante nacional da Protecção Civil, foi contratado, por ajuste direto, para prestar serviços de assessoria técnica na área da Proteção Civil e defesa da floresta contra incêndios, avança o “Público” esta quinta-feira.

Rui Esteves, que antes de liderar a Protecção Civil ao nível nacional era o responsável distrital de Castelo Branco, foi contratado por Joaquim Morão, ex-autarca daquele município do mesmo distrito, para prestar serviços à Comunidade Intermunicipal da Beira Baixa (CIMBB), da qual o antigo autarca é secretário executivo .

Segundo o matutino, Morão, um histórico socialista e próximo do ex-primeiro-ministro José Sócrates, contratou, em janeiro, o ex-Conac, pelo valor de 35 mil euros. A justificação: aquisição de serviços de “assessoria técnica” aos seis municípios daquela comunidade intermunicipal na “área da Proteção Civil e defesa da floresta contra incêndios”, durante um ano.

O “Público” revela ainda que os 35 mil euros serão pagos de forma faseada: 25% do valor após a entrega do cronograma de trabalhos; igual percentagem três meses depois após a assinatura do contrato; 20% seis meses após a assinatura do contrato; e 10% 12 meses após a assinatura do contrato.

Fonte: Expresso

Sem comentários:

Enviar um comentário