Patrícia Gaspar Sobe e é a Nova 2ª Comandante Nacional da Protecção Civil - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Patrícia Gaspar Sobe e é a Nova 2ª Comandante Nacional da Protecção Civil


A adjunta de operações, que foi a cara da Protecção Civil nos briefings sobre os incêndios deste verão, foi designada segunda comandante operacional nacional.

Durante dias a fio Patrícia Gaspar apareceu na televisão a explicar tudo sobre o que se passava nos incêndios de Outubro. Agora, a então adjunta nacional de operações sobe na hierarquia da Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC) e passa a ser a segunda comandante operacional nacional (segunda conac), o segundo cargo mais alto na estrutura operacional da Protecção Civil.

A nomeação foi conhecida, esta quinta-feira à tarde, numa nota do Ministério da Administração Interna (MAI) que confirmava a nomeação do coronel António Paixão para o cargo de comandante nacional (conac). 

Na nota, o MAI diz que o secretário de Estado da Protecção Civil, "José Artur Neves, designou o Coronel de Infantaria da Guarda Nacional Republicana António Francisco Carvalho da Paixão para exercer as funções de Comandante Operacional Nacional do Comando Nacional de Operações de Socorro da Autoridade Nacional de Proteção Civil. Para o cargo de 2.º Comandante Operacional Nacional foi designada a licenciada Patrícia Alexandra Costa Gaspar."

As nomeações passam a ter efeito a partir do dia 4 de Dezembro.

As nomeações dos altos cargos da estrutura operacional foram das primeiras decisões que o novo presidente da ANPC, Mourato Nunes, tomou, depois de assumir a presidência da instituição no início deste mês. Actualmente, Albino Tavares estava a assumir o cargo de comandante nacional, depois da demissão de Rui Esteves em Setembro, na sequência da notícia lançada pelo PÚBLICO sobre a sua licenciatura. Para já, será apenas este homem a abandonar a ANPC, contudo, à semelhança do que aconteceu o ano passado, pode haver mexidas nos comandos distritais.

Fonte: Publico

Sem comentários:

Enviar um comentário