Suspeito de Incêndios na Madeira Condenado a Três Anos de Prisão Efetiva VIDA DE BOMBEIRO: Seis Bombeiros Feridos em Oleiros, Um em Estado Grave

quinta-feira, 24 de agosto de 2017

Seis Bombeiros Feridos em Oleiros, Um em Estado Grave


Seis bombeiros de Leiria foram apanhados pelas chamas a caminho do combate ao fogo que lavra no concelho de Oleiros, no distrito de Castelo Branco, tendo um deles ficado em estado grave, informou a Protecção Civil.

De acordo com a adjunta de operações da Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC) Patrícia Gaspar, o incidente aconteceu com dois veículos de um grupo de bombeiros de Leiria que se deslocavam para o apoio ao combate ao incêndio em Oleiros.

O acidente provocou seis feridos, dos quais cinco feridos ligeiros e um ferido grave que deverá ser transportado para o Hospital de Santa Maria, em Lisboa.

Fonte do Centro Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Castelo Branco adiantou à Lusa que estes elementos dos Bombeiros Voluntários de Leiria "foram apanhados por uma frente de fogo" e "iam em dois veículos de abastecimento, com menos mobilidade, e não conseguiram fugir".

De acordo com a mesma fonte, o incidente aconteceu às 18h40 na localidade de Foz do Giraldo, no concelho de Oleiros.

No habitual 'briefing' da ANPC, em Oeiras, distrito de Lisboa, Patrícia Gaspar actualizou o número de feridos no âmbito dos fogos, indicando que desde 10 de Agosto e até hoje há registo de 99 pessoas assistidas, 160 feridos, dos quais 151 feridos ligeiros e nove feridos graves, e uma vítima mortal -- o piloto do helicóptero que combatia os fogos em Castro Daire.

Esta morte soma-se às 64 registadas na sequência do incêndio que deflagrou em Junho em Pedrógão Grande.

As localidades de Cardosa, Silvosa, Vinha e Sarnadas de São Simão estão ameaçadas pelas chamas, embora ainda não tenha sido dada ordem para retirar os habitantes, referiu o autarca.

O presidente do município de Oleiros disse ainda que a Serra de Muradal está tomada pelas chamas e que uma das frentes de fogo avança em direcção ao concelho vizinho do Fundão.

Fernando Jorge não sabe ainda precisar a área ardida até ao momento no concelho, mas salientou que, só na freguesia de Orvalho, arderam 5.000 hectares de floresta.

O autarca adiantou também que o incêndio que deflagrou na quarta-feira em Selada das Pedras, freguesia de Cambas, se juntou a um outro que teve início às 00h53 de hoje em Poeiros, freguesia do Estreito/Vilar Barroco.

Às 17h20, as chamas eram combatidas por 562 operacionais, apoiados por 164 meios terrestres e 13 meios aéreos.

Fonte: Renascença
Comentários
0 Comentários

Sem comentários:

Enviar um comentário

2015 Copyright – Todos os Direitos Reservados : VIDA DE BOMBEIRO