Proença-a-Nova: Bombeiros Assinalaram 67 Anos de Vida - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Proença-a-Nova: Bombeiros Assinalaram 67 Anos de Vida

Ingressaram 10 novos elementos e apadrinhadas cinco viaturas...Os Bombeiros Voluntários de Proença-a-Nova assinalaram no passado sábado, dia 12 de dezembro, 67 anos de existência. Uma coletividade que coloca na economia local cerca de dois terços do seu orçamento de 750 mil euros.

Estas contas foram apresentadas por José Marques, presidente da direção. “ não há muitas firmas, não há muitas associações que injetam na economia do concelho qualquer coisa como 500 mil euros” referiu.

No grosso da coluna, como referia o mesmo responsável, estão as receitas que são geradas com os serviços de saúde mas também com os serviços externos que fazem, nomeadamente com o carregamento de extintores e com o funcionamento da unidade local de formação instalada nas Moitas, por isso lança o apelo para que todos se mantenham mobilizados pela mesma causa. 

Adriano Capote, da direção da Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP), realçou a importância destes dados contabilísticos pois é sempre importante saber comunica-los e depois notou o valor que tem o orçamento desta liga no terreno, a começar pela “maximização da Escola Nacional de Bombeiros. Este responsável espera ainda que o cartão social do bombeiro possa, definitivamente, entrar em vigor e assim “dar condições para se continuar a apostar no voluntariado e seja melhorado o reconhecimento desta sociedade perante os seus bombeiros”.

Adriano Capote também se dirigiu aos 10 novos bombeiros que ingressaram neste dia na corporação proencense, "mostrando que o espirito de voluntário continua bem vivo". 
Rui Esteves, comandante operacional da proteção civil do distrito de Castelo Branco, lembrou que para além das viaturas o que conta mesmo são aqueles que se entregam à causa dos bombeiros. “Podemos ter quarteis muito bonitos, podemos ter muitas viaturas, mas o mais importante são estes homens que se entregam à causa dos bombeiros” disse. 

Presente nesta cerimónia João Paulo Catarino, presidente do município de Proença Nova, não tem dúvidas em afirmar que esta corporação está hoje a viver um dos seus momentos áureos e isso deve-se muito aos homens e mulheres que servem a coletividade e frisou que poucos corpos de bombeiros se “podem orgulhar de no mesmo dia apresentar dez homens que ingressam na corporação”. 
De referir que foram apadrinhadas cinco viaturas, ou seja, o carro de comando, uma ambulância de socorro, uma viatura de combate a incêndios urbanos, uma auto-escada e uma viatura de apoio.

Fonte: Radio Condestável

Sem comentários:

Enviar um comentário