Secretário de Estado Prometeu Autoescada para os Bombeiros de Paredes em 2015 - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Secretário de Estado Prometeu Autoescada para os Bombeiros de Paredes em 2015

O secretário de Estado Adjunto do ministro da Administração Interna, Fernando Alexandre, prometeu hoje que, em 2015, vai ser atribuída uma autoescada aos Bombeiros de Paredes, num investimento de cerca de 700.000 euros.

Segundo o governante, a viatura está incluída no conjunto de 14 veículos que vão ser adquiridos pela Autoridade Nacional de Proteção Civil, no âmbito de um concurso público que prevê um investimento global de três milhões de euros.

Em declarações aos jornalistas, à margem das cerimónias do Dia do Comando Territorial do Porto da GNR, que hoje se realizaram em Paredes, Fernando Alexandre explicou que a atribuição da autoescada decorre de uma necessidade identificada há muito pela proteção civil.

Antes, o presidente da câmara, Celso Ferreira, tinha sensibilizado o representante da tutela para a necessidade de dotar o concelho de uma autoescada que permitisse acorrer a situações de urgência nos edifícios mais altos da cidade, que disse ser "a maior do interior do distrito do Porto"

O secretário de Estado declarou que as 14 novas viaturas, de várias tipologias, vão ser atribuídas às corporações antes do verão de 2015.

O secretário de Estado homologou hoje um protocolo, celebrado entre a GNR e a Câmara de Paredes, para a construção, na localidade de Baltar, de uma unidade residencial destinada ao efetivos do Grupo de Intervenção, Proteção e Socorro (GIPS).

O comandante geral da GNR, Manuel Mateus Couto, assistiu ao ato formal.

O equipamento vai resultar da recuperação de uma antiga escola primária, que pertence à autarquia, permitindo alojar os 22 militares daquele grupo sediado no quartel dos Bombeiros de Baltar.

A adaptação do edifício, da responsabilidade do município, custará cerca de 80.000 euros, um encargo que será assumido pelo Ministério da Administração Interna.

Fonte: Lusa

Sem comentários:

Enviar um comentário