Mulher fica desalojada após incêndio no Bombarral - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

sexta-feira, 2 de fevereiro de 2024

Mulher fica desalojada após incêndio no Bombarral

 


Um incêndio numa habitação no Bombarral deixou desalojada uma mulher, que foi transportada para a urgência das Caldas da Rainha do Centro Hospitalar do Oeste (CHO) para ser assistida, disse o comandante dos bombeiros locais.


O comandante dos Bombeiros do Bombarral, Pedro Lourenço, afirmou à agência Lusa que o incêndio "começou na arca frigorífica, na cozinha", tendo ficado confinado a essa divisão da casa.


A única vítima, uma mulher de 67 anos, foi transportada pelos bombeiros para a urgência das Caldas da Rainha do CHO por inalação de fumo e sintomas de ansiedade, sem inspirar cuidados.


O incêndio ocorreu pelas 14h27, tendo mobilizado 13 operacionais e cinco viaturas.


De acordo com o responsável, a habitação necessita de pequenas obras e uma limpeza para voltar a ser habitada.


O realojamento temporário da mulher foi reencaminhado para a Proteção Civil Municipal do Bombarral.


Contactado pela Lusa, o presidente da câmara, Ricardo Fernandes, responsável pela Proteção Civil, disse que se a vítima tiver "necessidade de ser realojada, sê-lo-á", estando o serviço a avaliar essa hipótese.


Correio da Manhã

Sem comentários:

Enviar um comentário