Bombeiros Sapadores de Braga têm novo equipamento de proteção individual - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

sexta-feira, 2 de fevereiro de 2024

Bombeiros Sapadores de Braga têm novo equipamento de proteção individual

 


Os Bombeiros Sapadores de Braga contam agora com um novo equipamento de protecção individual para incêndios estruturais (urbanos e industriais), num investimento municipal de cerca de 150 mil euros.


Em comunicado, a Câmara de Braga assinala que “dá continuidade à valorização e capacitação dos operacionais desta companhia, dotando-os de todo o equipamento de segurança para fazer face às diversas ocorrências”.


“Nos últimos anos temos efetuado um investimento considerável na dotação de equipamento e de meios para apoiar a intervenção dos nossos Bombeiros Sapadores, para que possam ter uma maior e melhor capacidade de resposta com equipamento de proteção individual adequado às diferentes vertentes de intervenção”, refere Ricardo Rio, lembrando que, para além do equipamento individual, o Município tem vindo a dotar a companhia de sapadores com novos veículos, de material adequado e na valorização e progressão da carreira dos profissionais.


Durante a apresentação deste novo equipamento, que decorreu esta sexta-feira, no quartel dos Bombeiros Sapadores de Braga, Altino Bessa, vereador da Proteção Civil, destacou a aposta da autarquia na valorização, reforço e proteção dos operacionais. “Dispomos atualmente de uma melhor capacidade de resposta, mais pronta e, sobretudo, mais profissional e brevemente irá abrir um curso para 29 novos elementos”, explicou.


Atualização da data da fundação coloca Companhia de Braga na terceira mais antiga do país


Altino Bessa adiantou que, na reunião de segunda-feira do executivo municipal, será analisada a proposta para alteração da data da fundação histórica da Companhia de Bombeiros Sapadores de Braga para 1766 e não em 1799.


O vereador explicou que foi solicitado ao Departamento de História do Instituto de Ciências Sociais da Universidade do Minho um parecer sobre a data da fundação histórica da Companhia de Bombeiros Sapadores.


Recorrendo a documentos do Arquivo Municipal de Braga (AMB) e do Arquivo Distrital de Braga (ADB), a investigação do Departamento de História do Instituto de Ciências Sociais da Universidade do Minho, liderada pelo Professor Doutor Francisco Manuel Ferreira de Azevedo Mendes, veio comprovar que o registo camarário de 22 de Maio de 1766 figura como o momento legal de fundação da Companhia da Bomba de Braga, cuja existência é confirmada pelo Príncipe Regente D. João em 08 de junho de 1799.


Tendo por base o ato fundacional e a existência de provas factuais e históricas nos Arquivos Municipal e Distrital de Braga que atestam o funcionamento ininterrupto da Companhia da Bomba, encadeada, sucessivamente, em outras companhias municipais, este estudo refere que a data da fundação histórica da Companhia de Bombeiros Sapadores de Braga deve ser oficialmente atribuída ao dia 22 de Maio de 1766, perfazendo, a 22 de Maio de 2024, 258 anos.


“Com esta actualização, a Companhia de Bombeiros Sapadores de Braga passa a ser a terceira mais antiga do País”, explicou Altino Bessa.


O Minho

Sem comentários:

Enviar um comentário