Bombeiros Famalicenses de luto por voluntário que morreu subitamente aos 58 anos - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

segunda-feira, 22 de janeiro de 2024

Bombeiros Famalicenses de luto por voluntário que morreu subitamente aos 58 anos

 


Os Bombeiros Famalicenses estão de luto pela morte repentina de Adão Romano, de 58 anos, ontem à noite.


“O momento é sempre trágico quando a notícia do desaparecimento de um ente querido surge. A tristeza, a falta, a dificuldade em perceber o porquê. Esta noite o nosso Adão deixou-nos. Sem razão nem porquê, de forma súbita e inesperada”, referem os Bombeiros Famalicenses, numa nota de pesar partilhada na sua página de Facebook.


Um icónico Guita, conhecido de lés-a-lés, que tanto deu a esta casa no seu voluntariado indissociável. É um momento triste para a nossa Família, onde colocamos as fitas negras e a bandeira a meia haste”, refere a corporação, endereçando os “mais profundos sentimentos” a toda a família, amigos, camaradas e colegas.


O Minho

Sem comentários:

Enviar um comentário