Liga dos Bombeiros diz que já foi Convidada para Reuniões sobre Época de Incêndios - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

_______________________________________________________

quarta-feira, 25 de janeiro de 2023

Liga dos Bombeiros diz que já foi Convidada para Reuniões sobre Época de Incêndios

 


A Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP) já foi convidada pelo Governo para as reuniões de preparação da época de incêndios deste ano e indicou irá marcar presença "a bem do diálogo".


Na semana passada, a LBP tinha denunciado uma "tentativa de divisão dos bombeiros por parte da Secretaria de Estado da Administração Interna", acusando o Governo de não ter convidado as entidades representativas dos vários setores para as reuniões preparatórias da época de incêndios de 2023.


Em declarações à agência Lusa na sede nacional do PCP, após uma reunião com uma delegação daquele partido, o presidente da LBP, António Nunes, assegurou que essa situação já "foi resolvida".


"Fomos convidados pelo senhor ministro [da Administração Interna, José Luís Carneiro] para estarmos presentes em todas as reuniões. Vamos estar presentes", anunciou António Nunes.


Segundo o presidente da LBP, essas reuniões vão decorrer "praticamente todos os dias no próximo mês e em vários pontos do país, e a Liga dos Bombeiros Portugueses delegou nas federações de bombeiros a sua representação nessas reuniões".


"Digamos que estamos a robustecer a nossa representatividade dizendo às federações, 'façam o favor de representar a Liga e depois transmitam à Liga aquilo que foram as conclusões de cada uma das reuniões'", sublinhou.


Apesar disso, António Nunes manteve que a Liga não concorda com a "metodologia de marcação dessas reuniões", por entender que, "havendo entidades representativas dos vários setores", deveriam ser essas entidades a ser ouvidas em primeiro.


"Naturalmente que reconhecemos que o Governo, o senhor ministro da Administração Interna, a senhora secretária de Estado da Proteção Civil, pode falar com todas e com todos: com os bombeiros, com as associações, com os comandantes. Não é isso que está em causa. A metodologia de organização dessas reuniões é que nós colocamos em causa", reiterou.


António Nunes reforçou, contudo, que "está sanado o problema" e que a LBP vai estar presente nas reuniões "a bem do diálogo" e porque "fará sempre parte da solução e nunca fará parte do problema".


"Nós o que queremos é que o sistema funcione. Se, porventura, houver alguns tropeções no meio do sistema, aqui estamos nós, como bombeiros, para dar o salto em frente, esquecer o passado e construir o futuro. Aquilo que nós queremos é que o presente seja bom e o futuro ainda melhor", frisou.


Fonte: JN

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________