Bombeiros Salvam Cão Preso em Zona Alagada de Loures - VIDA DE BOMBEIRO

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

________________________________________________________________

_______________________________________________________

quinta-feira, 15 de dezembro de 2022

Bombeiros Salvam Cão Preso em Zona Alagada de Loures

 


Depois das inundações que assolaram Loures, continuam a chegar imagens às redes sociais, nomeadamente no que diz respeito ao resgate de animais por parte das forças de segurança.


Desta vez, um cão, de médio porte, estaria 'preso' numa zona completamente alagada, não conseguindo sair daquele local.


Um bombeiro da corporação de Loures, Pedro Serra, não ficou indiferente à situação e encontrou uma solução para o resgate em segurança.


"Colocou uma corda à sua cintura e caminhou em direção ao animal. Conseguiu ganhar alguma confiança e efetuou o seu resgate, deixando-o a salvo", contam os Bombeiros de Loures numa publicação na rede social Facebook, acrescentando que sentem orgulho em receber estas imagens.


Recorde-se que Loures foi uma das zonas mais afetadas pelas inundações na terça-feira. O presidente da Câmara Municipal, Ricardo Leão, estimou em "milhões de euros" os danos em infraestruturas públicas causados pelo mau tempo e apelou aos munícipes para que utilizem a linha gratuita de apoio para reportar os prejuízos.


Relativamente às zonas mais afetadas pelo mau tempo no concelho, o autarca socialista indicou que foram a zona norte (Frielas, Santo António dos Cavaleiros, Fanhões e Tojais), mas também parte da zona oriental (Sacavém, Camarate, Unhos e Apelação).


Além de Loures, os municípios da Área Metropolitana de Lisboa que reuniram com o Governo, na sexta-feira, para avaliar os impactos do mau tempo foram Lisboa, Amadora, Cascais, Mafra, Odivelas, Oeiras, Sintra e Vila Franca de Xira, todos os da margem norte do rio Tejo, a que se juntam outros dois da margem sul, designadamente Seixal e Almada.


Fonte: Lusa

Sem comentários:

Enviar um comentário

________________________________________________________________

________________________________________________________________